Meteorologia

  • 25 JANEIRO 2022
Tempo
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Anacom aprova emissão dos direitos de utilização atribuídos à Dense Air

A Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) aprovou hoje a emissão do título dos direitos de utilização de frequências (DUF) atribuídos à Dense Air Portugal, no âmbito do leilão 5G, podendo a empresa iniciar a exploração.

Anacom aprova emissão dos direitos de utilização atribuídos à Dense Air
Notícias ao Minuto

19:51 - 26/11/21 por Lusa

Economia 5G

"A Anacom aprovou hoje, 26 de novembro de 2021, a decisão relativa à emissão do título dos direitos de utilização atribuídos à Dense Air Portugal", anunciou, em comunicado, o regulador das comunicações.

O processo do leilão 5G (quinta geração de redes móveis) e de atribuição de frequências fica agora concluído para a empresa, após esta ter efetuado o pagamento dos valores devidos pelo espetro ganho no leilão.

A Dense Air Portugal já pode dar início à exploração comercial das frequências.

Esta empresa já detinha, até 2025, direitos de utilização na faixa de frequências de 3,6 giga-hertz (GHz) "apta para a prestação de serviços compatíveis com o 5G".

Na mesma nota, a Anacom garantiu que vai continuar a dar "máxima prioridade" à emissão de títulos na sequência da concretização, por parte das empresas, dos pagamentos e "envio das respostas às audiências prévias relativas aos projetos de decisão relativos a esses títulos".

Também hoje o regulador já tinha comunicado a aprovação da emissão do título dos DUF atribuídos à NOS.

Leia Também: 5G: NOS conclui processo de leilão e pode explorar frequências atribuídas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório