Meteorologia

  • 08 DEZEMBRO 2021
Tempo
13º
MIN 12º MÁX 14º

Edição

CGTP propõe manifestação nacional a realizar dia 20 de novembro

A comissão executiva da CGTP decidiu hoje propor ao seu Conselho Nacional a realização de uma manifestação nacional a realizar em Lisboa, em 20 de novembro, pelo aumento geral dos salários e em defesa da contratação coletiva.

CGTP propõe manifestação nacional a realizar dia 20 de novembro
Notícias ao Minuto

16:52 - 20/10/21 por Lusa

Economia CGTP

"A Comissão Executiva decidiu reunir o Conselho Nacional da CGTP-IN no dia 26 de outubro de 2021 e apresentar a proposta de convocar uma manifestação nacional, a realizar em Lisboa, no sábado dia 20 de novembro", pode ler-se num comunicado.

"A Comissão Executiva decidiu reunir o Conselho Nacional da CGTP-IN no dia 26 de Outubro de 2021 e apresentar a proposta de convocar uma manifestação nacional, a realizar em Lisboa, no sábado dia 20 de novembro", pode ler-se num comunicado.

A CGTP entende que "o momento exige a adoção de uma política que valorize o trabalho e os trabalhadores, nomeadamente, com o aumento geral dos salários em 90 euros para todos os trabalhadores, a valorização das carreiras e profissões, a fixação de 850 euros para o SMN [salário mínimo nacional] a curto prazo", entre outras reivindicações.

A manifestação nacional, a realizar-se, acontece cerca de uma semana depois da greve nacional da função pública, marcada para 12 de novembro, pela Frente Comum.

Está ainda agendada uma greve nacional de professores para dia 05 de novembro, anunciada hoje pela Federação Nacional dos Professores (Fenprof) e a Federação Nacional da Educação (FNE).

Leia Também: É fundamental que a CP se posicione na alta velocidade, diz Nuno Freitas

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório