Meteorologia

  • 25 SETEMBRO 2021
Tempo
18º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

Produção industrial sobe 7,7% na zona euro e 8,3% na UE em julho

A produção industrial em dados corrigidos das variações sazonais aumentou 7,7% na zona euro e 8,3% na União Europeia (UE) em julho deste ano face ao mesmo mês de 2020, anunciou hoje o Eurostat.

Produção industrial sobe 7,7% na zona euro e 8,3% na UE em julho
Notícias ao Minuto

12:07 - 15/09/21 por Lusa

Economia Eurostat

Num comunicado hoje divulgado, o serviço de estatística da UE precisa que a produção industrial em julho aumentou 1,5% na zona euro e 1,4% na União Europeia (UE) face ao mês anterior, depois de em junho ter diminuído 0,1% na zona euro e permanecido estável na UE.

Em termos homólogos, por principais setores industriais, em julho a produção na zona euro aumentou 11,2% para bens intermédios, 10,1% para bens de consumo não duradouros, 9,8% para bens de consumo duradouros, 5,9% para bens de capital e 1,0% para energia.

No mesmo período, na UE, a produção aumentou 11,8% para bens intermédios, 9,4% para bens de consumo não duradouros, 8,9% para bens de consumo duradouros, 6,3% para bens de capital e 2,7% para energia.

Entre os Estados membros para os quais existem dados disponíveis, os maiores aumentos foram registados na Bélgica (+26,4%), Irlanda (+19,2%) e Lituânia (+15,0%) e a única diminuição foi registada em Portugal (-0,1%).

Por setores industriais principais e por Estados membros, em cadeia, a produção na zona euro aumentou em julho 3,5% para bens de consumo não duradouros, 2,7% para bens de capital, 0,6% para bens de consumo duradouros e 0,4% para bens intermédios, enquanto a produção no setor da energia diminuiu 0,6%.

Na UE, a produção aumentou 2,8% para bens de consumo não duradouros, 2,4% para bens de capital e 0,5% para bens intermédios, enquanto se manteve inalterada para a energia e caiu 0,2% para bens de consumo duradouros.

Entre os Estados membros para os quais existem dados disponíveis, os maiores aumentos foram registados na Irlanda (+7,8%), Bélgica (+5,0%) e Portugal (+3,5%), enquanto as maiores diminuições foram registadas na Lituânia (-2,0%), Eslovénia (-1,8%) e Croácia (-1,6%).

Leia Também: Inflação da zona euro acelera para 3% em agosto

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório