Meteorologia

  • 20 MAIO 2022
Tempo
31º
MIN 17º MÁX 34º

Covid-19: Alívio das restrições "é positivo, mas não suficiente"

A Associação da Hotelaria, Restauração e Similares de Portugal (AHRESP) considerou hoje que o levantamento das restrições aprovado pelo Governo "é positivo, mas não suficiente" estando ainda "muito longe" do regresso à normalidade.

Covid-19: Alívio das restrições "é positivo, mas não suficiente"
Notícias ao Minuto

19:13 - 20/08/21 por Lusa

Economia AHRESP

Em comunicado, a AHRESP diz que o plano de desconfinamento, aprovado hoje no Conselho de Ministros extraordinário e antecipado para entrar em vigor no dia 23, em vez de no início de setembro, como estava previsto, "é positivo, mas não suficiente".

"Estas medidas, apesar de positivas, estão muito longe do regresso à normalidade, pelo que a AHRESP alerta uma vez mais para o devido cumprimento das regras básicas de higiene e segurança, nas quais os nossos estabelecimentos têm sido exemplares", sublinha a associação.

Segundo afirma, apesar da "melhoria no funcionamento" das empresas, estas continuam "com prejuízos acumulados há cerca de ano e meio", pelo que a AHRESP considera "importante a continuidade de apoios específicos para compensar as perdas até agora registadas".

A AHRESP pede ao Governo a implementação das 10 medidas do plano que a associação traçou intitulado "Enfrentar a Pandemia | Garantir a Sobrevivência", entregue ao Governo em 12 de julho "para que as empresas consigam sobreviver até se iniciar a retoma da atividade económica".

Entre as medidas exigidas pela associação está o reforço do programa Apoiar, um novo 'lay-off' simplificado e moratórias de crédito e fiscais.

O Governo anunciou hoje que Portugal vai deixar de estar em estado de calamidade devido à evolução da pandemia, passando a estado de contingência no que diz respeito às medidas para conter a covid-19.

Entre as medidas que entram em vigor dia 23, está o aumento da lotação máxima dos restaurantes e similares, que passa de seis para oito pessoas por mesa no interior, e nas esplanadas de 10 para 15 pessoas.

Por sua vez, os eventos, quer de natureza familiar, incluindo casamentos e batizados, quer culturais em recintos de espetáculo de natureza fixa, passam a ter o limite de ocupação de 75%.

O comércio, a restauração e os espetáculos mantêm os horários normais de funcionamento, com limite das 02:00, e continuam sujeitos às regras da Direção-Geral de Saúde (DGS).

Continua a ser exigido certificado covid-19 ou teste negativo nos estabelecimentos turísticos e alojamento local e no interior dos restaurantes no fim de semana e feriados.

Leia Também: AO MINUTO: "Chegou o momento de passar à 2ª fase"; 3ª deve ser antecipada

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório