Meteorologia

  • 28 SETEMBRO 2021
Tempo
22º
MIN 16º MÁX 23º

Edição

AMP vai receber 22,7 milhões para compensar reforço e redução da procura

A Área Metropolitana do Porto (AMP) vai receber 22,7 milhões de euros do fundo de apoio para compensação do reforço de transportes e redução da procura decorrentes da pandemia de covid-19, foi hoje revelado.

AMP vai receber 22,7 milhões para compensar reforço e redução da procura
Notícias ao Minuto

15:29 - 05/08/21 por Lusa

Economia Transportes

Em comunicado, a AMP refere que no despacho que criou este fundo não estavam afetas verbas à região, o que levou a um trabalho de diálogo com o Governo e com os diversos operadores de transportes, no sentido de clarificar a situação e de a resolver.

"Assim, foi acordado um reforço de 22,7 milhões para todo o sistema de transportes da AMP, e que hoje mesmo foi formalizado junto do senhor secretário de Estado dos Transportes e junto do Fundo Ambiental, conforme o diálogo estabelecido nos últimos dias", assinala aquela entidade.

Essa candidatura será hoje mesmo recebida pelo Fundo Ambiental para promover os respetivos pagamentos à medida da execução trimestral das empresas.

"As verbas conseguidas vêm repor o equilíbrio e a justiça nos diversos sistemas de transportes", assinala a nota assinada pelo presidente da AMP, Eduardo Vítor Rodrigues, e pelo primeiro-secretário da Comissão Executiva da AMP, Mário Rui Soares.

Em 18 de dezembro, a AMP dizia acreditar que, em janeiro, os autocarros de turismo contratados para fazer o reforço da oferta de transporte público já estariam operacionais, assegurando um aumento do serviço nas horas de ponta.

A solução de reforçar a oferta com recurso aos autocarros turísticos foi anunciada, no início de novembro, pelo secretário de Estado da Mobilidade, Eduardo Pinheiro, que avançou que as Áreas Metropolitanas de Lisboa e do Porto teriam 1,5 milhões de euros para aquisição de serviços de transporte.

"Eu acredito que, passando este momento de Natal e Ano Novo (...), possamos em janeiro arrancar com este reforço", adiantou, à data, o presidente da AMP, Eduardo Vítor Rodrigues, em declarações aos jornalistas, à margem da inauguração das novas instalações daquela entidade.

O autarca sublinhou, contudo, que o reforço da oferta nos transportes públicos já estava a acontecer desde setembro, sendo os custos suportados pelos municípios.

"Acreditamos é que esse reforço pode ainda ser melhorado sobretudo nas horas de ponta", afirmou na ocasião, indicando que a AMP receberia 750 mil euros do Governo para implementar esta solução.

A pandemia de covid-19 fez pelo menos 4.247.424 mortos em todo o mundo, entre mais de 200,1 milhões de casos de infeção pelo novo coronavírus, desde que a OMS detetou a doença na China em finais de dezembro de 2019, segundo o balanço da AFP com base em dados oficiais.

Em Portugal, desde o início da pandemia, em março de 2020, morreram 17.422 pessoas e foram registados 979.987 casos de infeção, segundo a Direção-Geral da Saúde.

A doença respiratória é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em países como o Reino Unido, Índia, África do Sul, Brasil e Peru.

Leia Também: AMPorto. "Absolutamente lamentável" falta de referências do INE

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório