Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2022
Tempo
--º
MIN --º MÁX --º

Edição

Suinicultores obrigados a registar porcos em agosto

Os operadores das explorações de suínos estão obrigados a declarar os animais em agosto, considerando efetivo detido até ao primeiro dia do mês, uma medida para controlo da doença de aujeszky, indicou a Direção-Geral de Alimentação e Veterinária (DGAV).

Suinicultores obrigados a registar porcos em agosto
Notícias ao Minuto

22:23 - 19/07/21 por Lusa

Economia DGAV

"Durante o mês de agosto de 2021, os operadores de todas as explorações de suínos são obrigados a declarar os efetivos que possuam, referidos ao dia 1 daquele mês", lê-se num aviso da DGAV.

A declaração das existências de suínos é uma medida sanitária de combate à doença de aujeszky, também conhecida como pseudoraiva, e o seu incumprimento acarreta penalizações, como a impossibilidade de emissão direta pelo operador de guias de trânsito de suínos para vida, através do iDigital.

Os dados que constem nestes documentos devem ser introduzidos diretamente na plataforma iDigital/SNIRA pelo produtor ou entidade recetora.

Os suinicultores são obrigados a proceder à declaração de existência três vezes por ano -- abril, agosto e dezembro --, informando o número e categoria de animais que possuem.

A doença de aujeszky pode afetar o sistema nervoso, respiratório e reprodutor dos porcos.

Este vírus pode também ser transmitido, através dos suínos, para outros animais.

A DGAV é um serviço central da administração direta do Estado, com autonomia administrativa.

Leia Também: Ministra assinou protocolo para promover economia limpa na suinicultura

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório