Meteorologia

  • 29 NOVEMBRO 2021
Tempo
16º
MIN 10º MÁX 16º

Edição

Cabo Verde aplicou quase 30% das verbas para resposta à pandemia

Cabo Verde aplicou no primeiro trimestre quase 30% dos mais de 14 milhões de euros que prevê gastar em 2021 nos vários projetos de resposta à pandemia de covid-19, segundo dados do Governo.

Cabo Verde aplicou quase 30% das verbas para resposta à pandemia
Notícias ao Minuto

12:09 - 08/06/21 por Lusa

Economia Cabo Verde

De acordo com um relatório do Ministério das Finanças, consultado hoje pela Lusa, a execução orçamental dos projetos inscritos em resposta à covid-19 totalizou até março 451,3 milhões de escudos (quatro milhões de euros), de um total previsto de 1.592 milhões de escudos (14,3 milhões de euros) para todo o ano.

Até fevereiro tinham sido executados projetos no valor de 145 milhões de escudos (1,3 milhões de euros), de um total previsto de 1.030 milhões de escudos (9,3 milhões de euros) para todo o ano, que foi, entretanto, incrementado.

Em causa estão projetos de preparação e reposta à covid-19 através da vacinação, de ações de prevenção da transmissão da pandemia, de reforço do setor da Educação, do apoio aos municípios no combate à doença, mas também na atribuição de apoios sociais de emergência às famílias mais carenciadas, nomeadamente trabalhadores do setor informal.

A principal parcela (72%) do investimento suportado até março foi garantida através de empréstimos ao Estado e a restante verba diretamente pelo Tesouro cabo-verdiano (22%) e por donativos internacionais (6%), de acordo com o mesmo relatório do Ministério das Finanças sobre execução orçamental.

Leia Também: Primeiro festival Jardins do Marquês mantém-se em julho em Oeiras

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório