Meteorologia

  • 26 JANEIRO 2022
Tempo
13º
MIN 7º MÁX 15º

Edição

Aumento de novos casos em Lisboa pode 'adiar' fim do teletrabalho

O teletrabalho mantém-se obrigatório, a partir do dia 14 de junho, nos concelhos que, em duas avaliações consecutivas, registem uma taxa de incidência superior a 120 casos por cem mil habitantes nos últimos 14 dias (ou superior a 240 nos concelhos de baixa densidade).

Aumento de novos casos em Lisboa pode 'adiar' fim do teletrabalho
Notícias ao Minuto

08:50 - 04/06/21 por Notícias ao Minuto 

Economia Teletrabalho

A partir do dia 14 de junho, há novas regras relativamente ao teletrabalho, que deixa de ser obrigatório em todo o território nacional, conforme anunciou o primeiro-ministro na semana passada. Porém, há situações em que o teletrabalho se deve manter e o aumento constante de novos casos em Lisboa pode 'atrasar' o regresso aos escritórios. 

Na prática, o teletrabalho deixa de ser obrigatório e passa apenas a ser recomendado nas atividades que o permitam. Contudo, pode voltar a ser obrigatório caso a taxa de incidência de casos de infeção aumente para além dos limites definidos pelo Governo.

Ou seja, poderão recuar os concelhos que, em duas avaliações consecutivas, registem uma taxa de incidência superior a 120 casos por cem mil habitantes nos últimos 14 dias (ou superior a 240 nos concelhos de baixa densidade).

Lisboa tinha 153 novos casos por 100 mil habitantes, de acordo com os dados mais recentes, divulgados há uma semana pela Direção-Geral da Saúde (DGS) - ainda assim, sublinhe-se, estes números serão atualizados esta sexta-feira, dia 4 de junho. Na avaliação anterior, a 21 de maio, Lisboa tinha 118 novos casos por 100 mil habitantes. 

Caso os dados divulgados esta sexta-feira confirmem que Lisboa continua a registar uma incidência superior a 120 novos casos por 100 mil habitantes, o regresso ao escritório é atrasado até que o número de novos casos da Covid-19 na região volte a abrandar

De acordo com o boletim epidemiológico de quinta-feira, Lisboa e Vale do Tejo continua a ser a zona que tem mais novos casos confirmados, com 385 dos 769 registados no período em análise. Duas das três mortes registadas nas últimas 24 horas também foram nesta região, que totaliza agora 7.214 óbitos associados ao novo coronavírus.

Quer isto dizer que as próximas avaliações, que normalmente são à sexta-feira, serão determinantes para avaliar a situação do concelho e o regresso dos funcionários ao local de trabalho na capital portuguesa. 

Ainda assim, refira-se, mantêm-se até 13 de junho as regras que vigoram desde meados de janeiro, quando foi decretado o segundo confinamento geral, segundo as quais é obrigatória a adoção do regime de teletrabalho, sem necessidade de acordo entre as partes e independentemente do vínculo laboral, sempre que o teletrabalho seja compatível com a atividade desempenhada e o trabalhador disponha de condições para a exercer.

Leia Também: "Teletrabalho deixa de ser obrigatório" a partir de 14 de junho

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório