Meteorologia

  • 24 JULHO 2021
Tempo
17º
MIN 17º MÁX 26º

Edição

Maior rede de oleodutos dos EUA sofre ciberataque e suspende operações

A maior rede de oleodutos dos Estados Unidos viu-se obrigada a suspender as suas operações após ter sido vítima de um ciberataque, cujo autor ainda é desconhecido, informou a empresa.

Maior rede de oleodutos dos EUA sofre ciberataque e suspende operações
Notícias ao Minuto

16:22 - 08/05/21 por Lusa

Economia oleodutos

A Colonial teve que interromper a sua operação nos 8.850 quilómetros de oleodutos que administra e que são essenciais para abastecer os grandes centros populacionais do leste e do sul do país.

A empresa transporta até 2,5 milhões de barris de gasolina, gasóleo e combustível de aviação por dia das refinarias no Golfo do México para as grandes cidades no sul e leste dos Estados Unidos.

É responsável por 45% do transporte de combustíveis para o litoral leste do país, segundo indica no seu site.

Num comunicado emitido na sexta-feira, a Colonial revelou que naquele mesmo dia detetou um ataque cibernético e decidiu interromper as operações em toda a rede de gasodutos para evitar mais danos nos sistemas de computador, mas não revelou quanto tempo é que as operações poderão estar paradas.

A última vez que a Colonial teve que interromper as suas linhas de transporte de combustível foi durante o furacão Harvey, que atingiu o Golfo do México, em 2017.

Nessa altura, os preços da gasolina atingiram o pico em cinco anos e os preços do gasóleo atingiram o pico em quatro anos.

Leia Também: Petrolifera saudita Aramco arrenda rede de oleodutos por 10,4 mil milhões

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório