Meteorologia

  • 04 AGOSTO 2021
Tempo
19º
MIN 18º MÁX 28º

Edição

Siza Vieira quer acelerar transformação digital da Administração Pública

O ministro da Economia e da Transição Digital, Pedro Siza Vieira, considerou hoje que a aceleração da transformação digital da Administração Publica terá um papel fundamental na economia e da sociedade.

Siza Vieira quer acelerar transformação digital da Administração Pública
Notícias ao Minuto

12:20 - 04/05/21 por Lusa

Economia Administração Pública

"A Administração Pública pode servir melhores cidadãos e empresas, pode aumentar transparência e aumentar a sua eficácia se souber fazer também um aproveitamento pleno das tecnologias digitais", disse o governante hoje na iniciativa Fórum Portugal Digital.

"Uma Administração Pública que funciona melhor, de modo mais transparente, cria confiança nos cidadãos e ajuda as empresas a responderem melhor aos desafios do mercado", continuou.

Para Pedro Siza Vieira, a Administração Pública também pode ser utilizada como "fonte de enriquecimento".

"A Administração Pública tem à sua disposição dados que são hoje em dia a matéria-prima mais importante na nova economia e colocarmos esses dados aos serviços dos investigadores e das empresas, das 'startups' ajuda a criar outras oportunidades de trabalho", acrescentou.

O ministro lembrou, a propósito, na sua intervenção, que já não se atrai investimento estrangeiro ou se capta investimento nacional "com base em baixos custos de produção ou baixos custos fiscais".

"Está em causa podermos competir pelo talento e aproveitarmos todo o potencial destas tecnologias para melhorarmos a forma como estas empresas funcionam e se relacionam com o mercado e com o mundo", disse.

"Não há tempo a perder e temos que olhar para todos os fatores que aqui intervêm na formação das nossas pessoas, na capacitação das empresas e na transformação da Administração Pública como o único foco de acelerarmos esta transformação", acrescentou o ministro.

Pedro Siza Vieira lembrou ainda que o Governo assumiu a transição digital como "um propósito de acelerar a transformação do país, não deixando ninguém para trás e criando uma economia mais aberta ao mundo e mais competitiva.

"E, por isso, há pouco mais de um ano, aprovámos um plano de ação para a transição digital", lembrou.

Pedro Siza Vieira destacou ainda a importância das Pequenas e Médias Empresas (PME) terem à sua disposição uma "rede de centros de competências que são capazes de fornecer serviços e mobilizar recursos para as ajudar em áreas tão criticas para o seu futuro como a cibersegurança, Inteligência Artificial, computação avançada ou estratégia 'cloud'".

"Somos capazes de atrair para Portugal uma estrutura permanente de apoio às 'startups'. O reconhecimento de que Portugal se distingue internacionalmente como uma referência na atração de talento e empresas inovadoras que aqui se escolhem localizar-se para poderem avançar", disse.

O Fórum Portugal Digital decorre até quinta-feira e assinala o primeiro ano de Plano de Ação para a Transição Digital e a reestruturação do Programa INCoDe.2030, numa semana dedicada à discussão dos principais temas ligados às competências digitais e à transição digital de Pessoas, Empresas e Estado.

Leia Também: Portimão? "Esperamos vir a desconfinar na quinta-feira", diz autarca

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório