Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
11º
MIN 8º MÁX 18º

Edição

SIC foi o canal mais visto no domingo e programa dedicado às eleições liderou

A SIC foi o canal mais visto no domingo e o seu programa dedicado às presidenciais foi o que cativou mais audiência, segundo a análise da Universal McCann (UM).

SIC foi o canal mais visto no domingo e programa dedicado às eleições liderou
Notícias ao Minuto

15:32 - 25/01/21 por Lusa

Economia Presidenciais

"No total do dia de ontem [domingo], foram mais de 3,1 milhões de portugueses que estiveram colados à televisão, batendo as audiências de há cinco anos em mais 35% (mais 822 mil telespetadores), data da primeira eleição do atual Presidente da República", refere a UM, agência de meios do grupo IPG Mediabrands.

"A SIC foi o canal que conseguiu captar a atenção de mais portugueses, tendo liderado o dia com um 'share' de 17,5%, melhorando em mais 4,6 pontos percentuais a sua quota versus as presidenciais de 2016", acrescenta.

Nas presidenciais há cinco anos, a TVI tinha liderado a noite eleitoral com 21,8%, "valor esse que se veio a registar mais baixo em 2021, uma vez que no dia de ontem [domingo] a quota ['share'] da estação de Queluz cifrou-se nos 15,9%", refere.

"Também a RTP1 viu o seu share baixar de 14,9% (presidenciais 2016) para os 9,8%", adianta a análise da UM.

"As emissões dos canais generalistas estiveram em simultâneo com os seus canais de informação em 'pay TV' [televisão paga]", refere, adiantando que nesta tipologia de canais "a liderança foi para a CMTV que averbou um 'share' de 4,8%", seguido da SIC Notícias, com 2,7%, a TVI24, com 2,2%, e a RTP3 (canal pago), 1%".

Destaca-se que a RTP3 na plataforma de televisão gratuita TDT obteve um 'share' de 1,1%.

As presidenciais preencheram o 'top' de programas mais vistos no domingo, embora o Primeiro Jornal da SIC tenha sido o "programa mais procurado pelos telespectadores, já que conseguiu manter, em média, mais de 1,2 milhões de portugueses sintonizados no canal".

A UM salienta que "entre os programas relacionados com as eleições, Presidenciais 2021, da SIC, foi o mais visto", tendo contando com "uma audiência média de 1,2 milhões de telespectadores, a que correspondeu um 'share' de 20,2%".

Na TVI, o programa mais visto teve uma audiência média de 1,1 milhões de portugueses, e da RTP, o programa mais visto do dia verificou uma média de 853 mil telespetadores.

"A SIC foi o canal mais visto quando se anunciaram os primeiros resultados da noite", refere a UM.

Naquele período - 20:00 -, "eram mais de 1,2 milhões de portugueses ligados ao canal", tendo o pico máximo de audiências sido atingido "às 20h44 na SIC (audiência de 1,4 milhões de telespectadores)".

Na análise, a Universal McCann salienta que "ao longo da noite a SIC liderou em quase todos os períodos, embora a TVI se mantivesse próxima da sua principal concorrente".

Ao mesmo tempo que SIC, TVI e RTP1 emitiam conteúdos de teor político, "a RTP2, no período entre as 19:20 e 21:00, transmitiu a partida a contar para o Mundial de Andebol que opôs Portugal a França".

Marcelo Rebelo de Sousa foi reeleito Presidente da República nas eleições de domingo, com 60,70% dos votos.

Segundo os dados da Secretaria-Geral do Ministério de Administração Interna - Administração Eleitoral, Ana Gomes foi a segunda candidata mais votada, com 12,97%.

André Ventura surge em terceiro, com 11,90%, seguido de João Ferreira, com 4,32% e de Marisa Matias, com 3,95%.

O estreante Tiago Mayan Gonçalves obteve 3,22% dos votos e Vitorino Silva, na segunda vez que se candidata à presidência da República, foi o candidato menos votado, com 2,94%.

Leia Também: Presidenciais: PCP reúne comité central na terça para analisar resultados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório