Meteorologia

  • 08 MARçO 2021
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 15º

Edição

Presidenciais: PCP reúne comité central na terça para analisar resultados

O comité central do PCP reúne-se na terça-feira, em Lisboa, para analisar os resultados das eleições presidenciais de domingo, em que o candidato apoiado pelo partido, João Ferreira, ficou em quarto lugar, com 4,32% dos votos.

Presidenciais: PCP reúne comité central na terça para analisar resultados
Notícias ao Minuto

15:29 - 25/01/21 por Lusa

Política PCP

A ordem de trabalhos da reunião, dois dias depois das presidenciais, será a análise das eleições, a situação política e tarefas do partido, e as conclusões serão apresentadas pelo secretário-geral comunista, Jerónimo de Sousa, ao fim da tarde.

De acordo com os resultados provisórios, quando só falta apurar três consulados, João Ferreira obteve 4,32% (180.473 votos) e ficou em quarto lugar nas presidenciais de domingo, à frente da candidata do Bloco de Esquerda, Marisa Matias, conseguindo um resultado saudado pelos comunistas, apesar de ser o segundo pior desde 1976.

Nas eleições de 2016, o PCP apoiou Edgar Silva que teve uma percentagem mais baixa (3,95%), mas recolheu mais votos do que João Ferreira (183.051 votos).

Na noite eleitoral, no domingo, Jerónimo de Sousa considerou que João Ferreira "merecia mais" e atribuiu uma eventual perda de votos da candidatura comunista à "dramatização" perpetrada por Marcelo Rebelo de Sousa em relação à segunda volta.

Marcelo Rebelo de Sousa, com o apoio do PSD e CDS, foi reeleito Presidente da República nas eleições de domingo, com 60,70% dos votos, segundo os resultados provisórios apurados em todas as 3.092 freguesias e quando faltava apurar três consulados.

A socialista Ana Gomes foi a segunda candidata mais votada, com 12,97%, seguindo-se André Ventura, do Chega, com 11,90%, João Ferreira (PCP e Verdes) com 4,32%, Marisa Matias (Bloco de Esquerda) com 3,95%, Tiago Mayan Gonçalves (Iniciativa Liberal) com 3,22% e Vitorino Silva (Reagir, Incluir e Reciclar - RIR) com 2,94%.

A abstenção foi de 60,5%, a percentagem mais elevada de sempre em eleições para o Presidente da República.

Leia Também: João Ferreira e Marisa Matias sem direito a subvenção estatal

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório