Meteorologia

  • 02 MARçO 2021
Tempo
11º
MIN 8º MÁX 18º

Edição

CEO: Segundo trimestre foi um dos mais desafiantes da história da Sonae

A presidente executiva da Sonae, Cláudia Azevedo, considera que o segundo trimestre deste ano foi "seguramente" um dos "mais desafiantes da história" do grupo, salientando que todos os negócios "foram severamente afetados" pelo impacto da pandemia.

CEO: Segundo trimestre foi um dos mais desafiantes da história da Sonae
Notícias ao Minuto

22:34 - 26/08/20 por Lusa

Economia Sonae

A Sonae registou prejuízos de 75 milhões de euros no primeiro semestre, contra lucros de 38 milhões de euros em igual período de 2019, explicados em exclusivo com a pandemia de covid-19, divulgou hoje o grupo.

"O segundo trimestre de 2020 foi seguramente um dos trimestres mais desafiantes da história da Sonae", afirma Cláudia Azevedo, no comunicado dos resultados do primeiro semestre.

"Após um bom início de ano, fomos atingidos pela pandemia covid-19 em meados de março e foi durante o segundo trimestre que sentimos os principais impactos desta situação sem precedentes", adianta.

Cláudia Azevedo sublinha que a preocupação, desde o primeiro dia, tem sido a "saúde e segurança" das pessoas, clientes e parceiros.

"Todos os nossos negócios foram severamente afetados por este contexto adverso, mas tenho orgulho em dizer que a nossa resposta coletiva foi extraordinária. Sinto-me verdadeiramente honrada e privilegiada por liderar uma equipa tão resiliente e generosa. Os últimos meses mostraram não só a coesão e coordenação da equipa de gestão de topo da Sonae, mas também o forte empenho das nossas pessoas a servir os nossos clientes e a cuidar de todos os nossos 'stakeholders'", acrescenta.

A presidente executiva da Sonae destaca os desempenhos "excecionais" da Sonae MC e da Worten, que "foram capazes de reforçar as suas posições de liderança no mercado português e crescer mais de 9% e 6% em termos homólogos, respetivamente, neste segundo trimestre do ano".

A Sonae Sierra "enfrentou uma situação particularmente desafiante, nomeadamente em Portugal, com todos os centros comerciais praticamente encerrados durante o trimestre e uma elevada incerteza quanto ao recebimento de rendas devido a uma legislação sem precedentes (apesar dos acordos que tinham sido já celebrados com a grande maioria dos lojistas)", prossegue.

"Globalmente, a Sonae cresceu 5% em termos homólogos no trimestre e o EBITDA subjacente, em termos comparáveis, manteve-se estável face ao ano passado. Este é um desempenho notável, considerando que muitas das nossas operações estiveram encerradas durante várias semanas", aponta.

Desde o início do ano, a Sonae tem sido capaz "de reforçar ainda mais" a "estrutura de capitais através de várias operações de refinanciamento que totalizaram mais de 600 milhões de euros, bem como de múltiplas iniciativas de preservação de capital".

"Esta atuação permitiu-nos manter uma posição de liquidez saudável e honrar os nossos compromissos com todos os 'stakeholders'. Atualmente, todas as empresas do nosso portefólio possuem balanços conservadores, o que será importante para enfrentar os próximos meses", acrescenta.

"Os próximos meses irão trazer diferentes tipos de desafios às nossas equipas e estou confiante de que a Sonae os irá ultrapassar. Temos um portefólio de negócios resiliente e uma sólida posição financeira, mas temos sobretudo as pessoas certas e os valores certos em toda a organização", remata Cláudia Azevedo.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a Sonae refere que os prejuízos no primeiro semestre são explicados "pelo total de contingências contabilísticas ('non-cash') de 76 milhões de euros no primeiro trimestre e pela redução da avaliação do portefólio da Sonae Sierra no segundo trimestre, ambas diretamente relacionadas com a covid-19".

O volume de negócios cresceu 6% para 3.136 milhões de euros no período em análise, "sendo o crescimento no segundo trimestre de 5% para 1.584 milhões de euros".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório