Meteorologia

  • 08 JULHO 2020
Tempo
25º
MIN 17º MÁX 28º

Edição

Risco de contaminação nos transportes "está absolutamente controlado"

O primeiro-ministro, António Costa, garantiu hoje que o "risco de contaminação" por covid-19 nos transportes públicos "está absolutamente controlado", e salientou que as taxas de lotação "têm sido genericamente cumpridas".

Risco de contaminação nos transportes "está absolutamente controlado"
Notícias ao Minuto

20:10 - 29/05/20 por Lusa

Economia Covid-19

"Podemos, aliás, verificar que o risco de contaminação nos transportes públicos está absolutamente controlado", afirmou o chefe de Governo aos jornalistas no final da reunião de hoje do Conselho de Ministros, em Lisboa, que aprovou medidas para a terceira fase de descofinamento no âmbito da pandemia da covid-19.

De acordo com o chefe de Governo, "quer nos transportes urbanos da cidade de Lisboa, quer nos suburbanos, designadamente os suburbanos da CP, verificamos que as taxas de lotação têm sido genericamente cumpridas, com a exceção de um comboio das 06:36 da manhã da Linha de Sintra, que atinge habitualmente os limiares da lotação e só muito esporadicamente os tem ultrapassado".

Já no caso dos veículos privados de transporte de passageiros, como "carrinhas de transporte de pessoal da construção civil" que circulem na Área Metropolitana de Lisboa, António Costa adiantou que, na terceira fase do desconfinamento -- a partir de segunda-feira - será "restringida a dois terços a lotação máxima" e será "obrigatória a utilização de máscara".

"As regras de lotação dos transportes públicos têm sido respeitadas, mas nestes transportes particulares de várias pessoas, é necessário limitar a sua lotação, é necessário impor a obrigatoriedade do uso de máscara para conter esse risco de contaminação" na região da capital, assinalou o primeiro-ministro, depois de identificar que a construção civil pode ser um foco de contágio nesta zona do país.

Portugal contabiliza pelo menos 1.383 mortos associados à covid-19 em 31.946 casos confirmados de infeção, segundo o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado hoje.

Relativamente ao dia anterior, há mais 14 mortos (+1%) e mais 350 casos de infeção (+1,1%).

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório