Meteorologia

  • 09 JULHO 2020
Tempo
20º
MIN 19º MÁX 29º

Edição

IRS. Fisco já pagou 869 milhões de euros em reembolsos aos contribuintes

Mais de um milhão de contribuintes já receberam o reembolso do IRS, de acordo o Ministério das Finanças.

IRS. Fisco já pagou 869 milhões de euros em reembolsos aos contribuintes

O Ministério das Finanças divulgou, esta quarta-feira, que foram processados até ao momento mais de um milhão de reembolsos de IRS, no valor de 869 milhões de euros, numa altura em que quase quatro milhões de contribuintes já entregaram a declaração. 

"Foram já processados mais de um milhão de reembolsos (1.051.606) no valor de 869 milhões de euros. Note-se que na sequência do ajustamento das tabelas de retenção em 2019, os reembolsos este ano serão inferiores em caso de rendimentos equivalentes", refere a tutela, em comunicado, reiterando uma explicação já adiantada pelo ministro das Finanças, Mário Centeno

Os dados mais recentes apontam para que quase quatro milhões de contribuintes tenham já submetido as respetivas declarações de IRS, "das quais 36% [são] correspondentes a IRS Automático", segundo as Finanças. 

Os reembolsos do IRS começaram este ano a ser processados mais tarde, 21 dias depois do início da campanha, tal como o gabinete de Mário Centeno informou na altura, "sendo que neste momento se observa um ritmo de execução dos reembolsos similar ao de outros anos", adiantam ainda as Finanças. 

A declaração anual do IRS relativa aos rendimentos auferidos em 2019 começou a ser entregue a 1 de abril e termina em 30 de junho, sendo que o Estado tem até 31 de agosto para proceder ao pagamento dos reembolsos.

[Notícia atualizada às 14h58]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório