Meteorologia

  • 18 MAIO 2022
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

Época alta a Norte vai ser "remediada" com turistas nacionais

A época alta do turismo a Norte vai ser uma "época remediada" por turistas nacionais e com algum mercado espanhol transfronteiriço com a retoma perspetivada para a Páscoa de 2021, estimam entidades oficiais e associativas do Porto e Norte.

Época alta a Norte vai ser "remediada" com turistas nacionais
Notícias ao Minuto

08:08 - 30/04/20 por Lusa

Economia Covid-19

"Este ano será difícil que haja época alta, pelo menos da forma como nós a conhecíamos", declarou hoje à agência Lusa Luís Pedro Martins, presidente da entidade regional do Turismo do Porto e Norte de Portugal (TPNP).

Segundo o responsável, a próxima "época alta vai ser diferente das outras", porque vai haver apenas "turistas nacionais" e só no final do ano de 2020 é que poder-se-á começar a "reconquistar o mercado espanhol".

A retoma do setor na região Norte só deve começar a sentir-se na Páscoa de 2021, altura em que se poderá começar a ter "alguma normalidade" no setor da hotelaria e turismo.

O presidente da TPNP lembrou que o Norte tem "bons argumentos" para a retoma pós pandemia da covid-19, porque tem territórios de baixa densidade populacional como o Douro, Trás-os-Montes, Minho e o Douro e o Alto Tâmega.

"Quem tem o Douro, Trás-os-Montes, o Minho e o Alto Tâmega acho que tem muito bons argumentos para poder ir ao encontro deste novo perfil de turista que se avizinha, pelo menos nesta primeira fase em que o turista necessita também de ganhar alguma confiança", assinalou.

Para Luís Pedro Martins, a retoma deste setor vai ocorrer em três fases.

"Uma que se iniciará a partir do momento em que as regras de confinamento mudem e que estenderá por todo o verão, no início da abertura de uma série de equipamentos relacionados com o setor, desde restauração à hotelaria, algo que eu julgo que até ao final do verão esteja plenamente consolidado. Depois, a segunda fase, já a partir de setembro e até dezembro, onde esperamos iniciar a reconquista do mercado muito importante para o país e para a região que é o mercado espanhol e depois uma terceira fase, que será a Páscoa de 2021", concluiu.

Para o presidente da Associação Portuguesa de Hotelaria Restauração e Turismo (APHORT), Rodrigo Pinto Barros, a época alta no Norte de Portugal vai ser uma "época remediada" com o mercado interno e espanhol fronteiriço, prevendo também que se comece a sentir "alguma retoma" a partir da Páscoa de 2021.

"Este ano praticamente não vamos ter época alta. Não acredito em época alta. Acredito que vamos trabalhar muito com o mercado português e algum mercado espanhol, nomeadamente o fronteiriço. Estou a ver muito condicionada a questão das ligações aéreas, o que dificulta a vinda de estrangeiros para Portugal", disse Rodrigo Pinto Barros.

Desejando que a previsão que está a traçar "falhe completamente", e que venha aí um "bom verão, o presidente da APHORT considera que o ano de 2020 em "termos de hotelaria e turismo está praticamente fechado" e que só em maio de 2022 é que o setor voltará a igualar os últimos cinco anos.

"Voltaremos a ter alguma proximidade com estes últimos cinco anos a partir de maio de 2022", declarou hoje à agência Lusa o presidente Associação Portuguesa de Hotelaria Restauração e Turismo (APHORT), Rodrigo Pinto Barros).

O setor da hotelaria teve de encerrar portas desde março por causa da pandemia da covid-19 e apenas algumas unidades hoteleiras estão abertas a alojar profissionais de saúde e doentes recuperados da doença, mas sem retaguarda familiar para estar em isolamento.

Portugal regista perto de mil mortos associados à covid-19 e a região Norte é a que regista o maior número de mortos, seguida da região Centro, de Lisboa e Vale do Tejo, Algarve, Açores e Alentejo

A nível global, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 200 mil mortos e infetou mais de 2,9 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório