Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2020
Tempo
10º
MIN 9º MÁX 16º

Edição

Balcões do Montepio com acesso condicionado e filas de espera no exterior

O Banco Montepio anunciou hoje novas medidas de atendimento aos clientes para prevenir o contágio por Covid-19, com os balcões com abertura condicionada, mantendo a porta fechada, e fazendo-se a fila de espera no exterior das instalações.

Balcões do Montepio com acesso condicionado e filas de espera no exterior
Notícias ao Minuto

11:02 - 16/03/20 por Lusa

Economia Covid-19

"O Banco Montepio adota, a partir de hoje, 16 de março, novas medidas no atendimento dos clientes, em toda a rede comercial, num esforço conjunto de prevenção e contenção do contágio por Covid-19", lê-se num comunicado enviado pela instituição bancária.

Assim, os balcões passam a funcionar em regime de abertura condicionada, mantendo as portas fechadas, para regular a afluência dos clientes e evitar aglomerados.

Quem se dirigir a um balcão do Montepio terá que aguardar a sua vez no exterior das instalações, em fila e garantindo a distância de segurança mínima de um metro, seguindo as recomendações da Direção-Geral da Saúde.

"A regra é: um colaborador, um cliente", esclareceu o banco, que alerta também que os clientes só devem permanecer dentro das instalações "o tempo estritamente necessário" para as operações bancárias.

O Montepio relembrou que "tem à disposição os canais digitais e telefónicos que permitem efetuar, com total comodidade, simplicidade e segurança, a maior parte das operações bancárias" e apelou aos clientes que apenas se dirijam a um balcão "em caso de absoluta necessidade de atendimento presencial".

O novo coronavírus responsável pela pandemia de Covid-19 foi detetado em dezembro, na China, e já provocou mais de 6.400 mortos em todo o mundo.

O número de infetados ronda as 164 mil pessoas, com casos registados em pelo menos 141 países e territórios, incluindo Portugal, que tem 245 casos confirmados. Do total de infetados, mais de 75 mil recuperaram.

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, convocou o Conselho de Estado para quarta-feira para discutir a eventual decisão de decretar o estado de emergência, enquanto o primeiro-ministro, António Costa, anunciou que Portugal e Espanha vão, para além de todas as outras medidas já adotadas, limitar a circulação na fronteira a mercadorias e trabalhadores transfronteiriços.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório