Meteorologia

  • 31 MARçO 2020
Tempo
12º
MIN 6º MÁX 14º

Edição

Eureka põe 150 no desemprego, mas lança nova marca em Milão

Empresa anunciou que iria fechar portas no final de janeiro, mas agora apresentou uma nova marca de calçado, a ESC, na maior feira do calçado, em Milão.

Eureka põe 150 no desemprego, mas lança nova marca em Milão

A Eureka tinha já anunciado que iria encerrar, gradualmente, todas as suas lojas em território nacional, sendo que na terça-feira anunciou também o encerramento da fábrica em Vizela, colocando mais de 150 trabalhadores no desemprego. A questão é que o grupo está presente na maior feira do calçado em Milão, com uma marca nova. 

O anúncio foi feito pela dirigente do Sindicato do Calçado, Malas e Afins Componentes, Formas e Curtumes do Minho e Trás-os-Montes, Aida Sá, à agência Lusa, manifestando "indignação" com o facto de o grupo estar, precisamente nesta altura, a apresentar na feira internacional de calçado Micam, em Milão, uma nova marca de calçado, denominada ESC.

Aliás, esta nova marca tem já um site, que pode consultar aqui, com uma contagem decrescente associada, que poderá indicar a data oficial de lançamento nas plataformas digitais. 

De acordo com a sindicalista, a ESC surge no catálogo da mostra como sendo propriedade da Asial -- Indústria de Calçado, Lda, mas com a mesma morada da Alberto Sousa.

Recorde-se que no final de janeiro, a Eureka -- marca de calçado detida pela Alberto Sousa, Lda, que se encontrava em Processo Especial de Revitalização (PER) desde 2018 -- anunciou na sua página na Internet o encerramento gradual das 13 sapatarias em Portugal, mas avançou na altura que a decisão afetava apenas as lojas e não a fábrica, localizada em Vizela, no distrito de Braga.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório