Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2020
Tempo
14º
MIN 8º MÁX 17º

Edição

Odemira nunca cobrou taxa de proteção civil declarada inconstitucional

A Câmara de Odemira (Beja) já revogou o regulamento e "nunca cobrou efetivamente" qualquer valor da Taxa Municipal de Proteção Civil (TMPC) declarada inconstitucional, disse hoje à agência Lusa o vice-presidente do município, Ricardo Cardoso.

Odemira nunca cobrou taxa de proteção civil declarada inconstitucional
Notícias ao Minuto

20:10 - 05/02/20 por Lusa

Economia Odemira

Um acórdão do Tribunal Constitucional (TC), datado do passado dia 08 de janeiro e publicado hoje em Diário da República, "declara, com força obrigatória geral, a inconstitucionalidade da norma" do regulamento da TMPC que "determina o 'pagamento da taxa municipal de proteção civil devida pela prestação de serviços no domínio da prevenção de riscos e da proteção civil' pelas 'entidades gestoras de infraestruturas instaladas, total ou parcialmente, no município de Odemira, designadamente as rodoviárias, ferroviárias e de eletricidade'".

Segundo Ricardo Cardoso, após a entrada em vigor do regulamento, aprovado em 2015, a Assembleia Municipal de Odemira, no distrito de Beja, sob proposta da câmara, aprovou a isenção do pagamento da TMPC para pessoas singulares e coletivas, mas manteve a aplicação a entidades gestoras de infraestruturas.

O município "chegou a emitir guias de receita" para cobrar a TMPC a entidades gestoras de infraestruturas, as quais "nunca as liquidaram e algumas interpuseram ações em tribunal", que deram origem ao acórdão do TC, explicou.

As guias de receita emitidas "nunca foram pagas" e o município "nunca cobrou efetivamente, nem recebeu qualquer valor" da TMPC e, por isso, "não terá de devolver qualquer valor", indicou.

Entretanto, devido a acórdãos do TC a declarar a inconstitucionalidade de TMPC de outras autarquias, como Lisboa, "os consultores jurídicos do município disseram que não valia a pena insistir com uma taxa que não teria a possibilidade de ser cobrada", disse.

Por isso, em 2019, a câmara, no dia 19 de setembro, e a assembleia municipal, a 04 de outubro, aprovaram a revogação do regulamento da TMPC.

O autarca disse que o município criou a TMPC em 2015 "porque, na altura, houve elementos do Governo a propor isso mesmo".

O TC já tinha também declarado a inconstitucional das taxas de proteção civil nos municípios de Lisboa, Setúbal, Vila Nova de Gaia e Aveiro.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório