Meteorologia

  • 03 DEZEMBRO 2020
Tempo
MIN 8º MÁX 16º

Edição

Isabel dos Santos quer sair da Efacec com "efeitos definitivos"

Também Mário Leite da Silva e Jorge Brito Pereira renunciaram aos respetivos cargos na empresa.

Isabel dos Santos quer sair da Efacec com "efeitos definitivos"

A empresária angolana Isabel dos Santos vai retirar-se do capital da Efacec de forma definitiva e, com ela, retiram-se também Mário Leite da Silva e Jorge Brito Pereira, que tinham também cargos na empresa. 

"A engenheira Isabel dos Santos informou o Conselho de Administração que decidiu sair da estrutura acionista da Efacec Power Solutions, com efeitos definitivos. Na sequência desta decisão, o Dr. Mário Leite da Silva renunciou ao cargo de Presidente do Conselho de Administração e o Dr. Jorge Brito Pereira renunciou ao cargo de Presidente da Assembleia Geral da Efacec Power Solutions, ambos com efeito imediato", pode ler-se no comunicado da Efacec, ao qual o Notícias ao Minuto teve acesso. 

Para sair da empresa, Isabel dos Santos pediu ao conselho de administração para iniciar as "diligências necessárias" de modo a que se concretize a sua saída da estrutura acionista da Efacec. Nesta senada, o conselho de administração já nomeou assessores para este efeito.

"Isabel dos Santos solicitou ao Conselho de Administração para iniciar, com efeito imediato, as diligências necessárias para concretizar a sua saída da estrutura acionista da Efacec Power Solutions, tendo o Conselho de Administração para esse efeito, desde já, nomeado assessores", pode ler-se no comunicado, sem revelar, no entanto, quem são os assessores. 

Em Portugal, sublinhe-se, a Efacec tem mais de 2.000 trabalhadores, de acordo com as informações recolhidas pelo Notícias ao Minuto. Porém, no mesmo comunicado a empresa deixa uma palavra de tranquilidade aos funcionários: 

"O Conselho de Administração da Efacec Power Solutions reafirma uma palavra de tranquilidade e confiança a todos os nossos trabalhadores, clientes e fornecedores, certo de que, em conjunto, conseguiremos manter e reforçar a posição da Efacec como uma referência nos setores onde atua, retribuindo a confiança de centenas de clientes em todo o mundo", pode ler-se. 

De recordar que esta é a segunda vez esta semana que a empresária angolana se retira de investimentos em Portugal. Na quarta-feira, a empresária angola anunciou a sua retirada do capital do EuroBic, tendo já colocado a sua participação à venda

PGR de Angola reitera. "Dinheiro usado para negócios" terá "proveniência ilícita"

O procurador-geral de Angola Helder Pitta Grós esteve em Portugal onde, na quinta-feira, se encontrou com Lucília Gago numa reunião que terá sido dominada pela investigação Luanda Leaks, que tem Isabel dos Santos no epicentro. O responsável angolano deu uma entrevista à RTP3 - que será emitida esta noite - onde falou sobre o assunto. 

O PGR referiu "que Angola, pelo menos, pensa que o dinheiro que foi utilizado para alguns negócios aqui da senhora Isabel dos Santos tenha uma proveniência ilícita e, portanto, se foram tirados de Angola de forma ilícita e usados em Portugal, aí já há uma questão que é comum". 

Já sobre um eventual arresto de bens, o responsável disse que esse poderá ser um dos cenários: "Poderá ser, poderá ser. Não vou afirmar que seja isso uma realidade, mas as equipas que começarem a trabalhar poderão chegar à conclusão de que é necessário fazer isso". 

[Notícia atualizada às 17h10]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório