Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2020
Tempo
14º
MIN 9º MÁX 17º

Edição

Wall Street fecha sem rumo com investidores dispersos com vírus

A bolsa nova-iorquina fechou hoje sem rumo, com os investidores a reagir às novas informações sobre a propagação de um vírus chinês, enquanto digerem uma série de resultados de empresas relevantes da praça.

Wall Street fecha sem rumo com investidores dispersos com vírus
Notícias ao Minuto

23:34 - 23/01/20 por Lusa

Economia Wall Street

O índice seletivo Dow Jones Industrial Average recuou 0,09%, para acabar nos 29.160,09 pontos, ao passo que, pelo contrário, o tecnológico Nasdaq fechou em território desconhecido até agora, depois de valorizar 0,20%, para as 9.402,48 unidades.

O alargado S&P500, por seu lado, fechou com um ganho de 0,11%, para os 3.325,54 pontos.

Os investidores "reagiram claramente às grandes manchetes sobre o vírus", estimou Karl Haeling, da LBBW.

"Estava-se em forte baixa durante a manhã, quando as autoridades chinesas anunciaram que iam confinar várias cidades, em graus diversos", sublinhou.

Pequim decidiu, em particular, que mais nenhum avião ou comboio deveria sair de Wuhan, uma cidade com 11 milhões de habitantes, no coração da epidemia que, desde dezembro, já contaminou mais de 570 pessoas e provocou 18 mortes.

Mas "os índices recuperaram quando a Organização Mundial de Saúde estimou que ainda era demasiado cedo" para decretar que o vírus que começou a espalhar-se no mundo constituía uma "urgência de saúde pública de dimensão internacional", realçou Haeling.

É a "incerteza" ligada a esta epidemia e as suas possíveis consequências que provoca o nervosismo dos investidores, adiantou.

"Se as bolsas chinesas acabaram em forte baixa", de 2,75% em Xangai e 3,45% em Shenzhen, "foi também porque numerosos investidores não querem assumir riscos antes das festividades do Ano Novo Chinês, durante as quais as praças financeiras chinesas vão estar fechadas durante uma semana", sublinhou este analista.

Com a época dos resultados no seu máximo, o dia de hoje foi marcado pelo seu conjunto de desempenhos diversos.

Como exemplo, "a Procter & Gamble, que integra o Dow Jones e fechou a perder 0,46%, apresentou um volume de negócios inferior às expectativas, mas já a Comcast, que perdeu 3,77%, superou as previsões, a Southwest Airlines, que ganhou 3,59%, revelou o impacto negativo da interdição de voo do 737 Max, a Union Pacific, avançou 3,46%, mas apresentou lucros mais fracos lucros mais fracos que esperados, e a Texas Instruments, que progrediu 0,68%, fez melhor do que esperado", detalharam os analistas do Charles Schwab.

A seguradora Travelers, que perdeu 5,06%, também arrastou o Dow Jones, depois de ter apresentado um lucro e um volume de negócios superiores às expectativas, mas com valores de prémios líquidos dececionantes, enquanto a transportadora aérea American Airlines valorizou 5,42%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório