Meteorologia

  • 27 JANEIRO 2020
Tempo
13º
MIN 11º MÁX 15º

Edição

Portugal tem posição "persistente" quanto ao próximo quadro comunitário

O ministro do Planeamento afirmou hoje, na Assembleia da República, em Lisboa, que Portugal tem tido uma posição "persistente e coerente" em Bruxelas no que se refere à negociação do próximo quadro comunitário, procurando alianças para não sair prejudicado.

Portugal tem posição "persistente" quanto ao próximo quadro comunitário
Notícias ao Minuto

19:49 - 15/01/20 por Lusa

Economia Nélson de Souza

"Queria deixar uma nota quanto à negociação do quadro financeiro plurianual. Temos, nesta matéria, uma posição que tem sido persistente e coerente. Desde o início que dissemos que a proposta apresentada pela Comissão [Europeia] era insuficiente e não satisfazia os interesses de Portugal", disse Nelson de Souza, numa audição parlamentar conjunta com as comissões de Orçamento e Finanças e da Economia, Inovação, Obras Públicas e Habitação.

A proposta inicial de Bruxelas para o Quadro Financeiro Plurianual 2021-2027 prevê, entre outros aspetos, um reforço de prioridades como a inovação, segurança interna, defesa e migrações, com reduções de 10% na Coesão de 16% na Política Agrícola Comum.

Para não sair prejudicado no acesso aos fundos estruturais, Portugal tem batalhado e procurado "as alianças" necessárias, afirmou o ministro do Planeamento.

"Estamos convictos de que com o apoio mais alargado de todos aqueles que, neste momento, já estão a trabalhar connosco, conseguiremos obter um resultado [...] para o desenvolvimento e convergência da União Europeia", concluiu Nelson de Souza.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório