Meteorologia

  • 13 JULHO 2020
Tempo
25º
MIN 22º MÁX 38º

Edição

Uber aposta em startup portuguesa e cria rede de carregamento elétrico

O projeto estreou-se na quarta-feira no Porto e prepara-se para entrar em vigor em Lisboa em outubro.

Uber aposta em startup portuguesa e cria rede de carregamento elétrico

A Uber anunciou uma pareceria com a Power Dot, uma startup portuguesa, a partir da qual vai permitir criar uma rede exclusiva de carregamento elétrico no Porto e em Lisboa. O projeto estreou-se na quarta-feira no Porto e prepara-se para entrar em vigor em Lisboa em outubro

Cada 'hub' tem a capacidade para carregar simultaneamente entre quatro a oito carros, sendo que existem dois no Porto, na Maia e no Bonfim, e existirão três em Lisboa, na Portela, Doca de Santo Amaro e Tires.

"Esta parceria está alinhada com a nossa missão: criar soluções de carregamento para veículos eléctricos de forma a reduzir a dependência dos combustíveis fósseis na mobilidade. Acreditamos que um futuro mais verde passa por uma mobilidade mais partilhada e elétrica e por isso, desenvolvemos esta solução de carregamento económica e conveniente para todos os parceiros e motoristas Uber", disse Afonso Pinheiro, responsável pela Power Dot e por soluções para frotas, citado num comunicado a que o Notícias ao Minuto teve acesso.

Os espaços da Power Dot pretendem ser "confortáveis" para os motoristas, enquanto aguardam pelo carregamento. Por esse motivo, estarão garantidos serviços de limpeza, wi-fi, café e outras comodidades. 

De recordar que a Uber Green foi a primeira primeira opção de viagem 100% elétrica lançada em Portugal, em 2016. 

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório