Meteorologia

  • 28 MAIO 2020
Tempo
21º
MIN 19º MÁX 34º

Edição

PSI20 segue negativo com 'pesos pesados' a pressionarem negociações

A bolsa de Lisboa segue em terreno negativo, em linha com a Europa, com todos os 'pesos pesados' a pressionarem as negociações.

PSI20 segue negativo com 'pesos pesados' a pressionarem negociações

Das 18 cotadas que integram o PSI20, 16 desceram e só duas subiram. O BCP, que liderou as descidas, ficou a valer 0,18 euros por ação.

Nas maiores descidas do PSI20, ficaram ainda os CTT (3,83% para 1,93 euros), a Mota-Engil (3,37% para 1,83 euros) e a Pharol (2,82% para 0,10 euros).

A Jerónimo Martins também registou uma descida significativa de 2,44% para 15,39 euros, no dia em que foi divulgado que está a ser investigada na Polónia pelo regulador da concorrência UOKiK por suspeitas de práticas comerciais ilegais na relação com os seus fornecedores de fruta e vegetais.

De acordo com um documento hoje publicado pelo regulador, citado pela agência financeira Bloomberg, a empresa arrisca uma multa equivalente a 3% do volume anual de negócios.

Com desvalorizações abaixo de 1,5% ficaram a Semapa (11,74 euros), a EDP Renováveis (9,75 euros), a Nos (cinco euros), a Altri (5,97 euros), a Galp (13,56 euros), a EDP (3,52 euros), a Navigator (3,16 euros), a Corticeira Amorim (10,04 euros), a REN (2,53 euros), a Sonae SGPS (0,84 euros) e a Sonae Capital (0,60 euros).

Nas subidas, a Ramada Investimentos somou 1,33% para 6,10 euros e a Ibersol 0,25% para 8,08 euros.

As principais bolsas europeias encerraram em terreno negativo, mas com descidas mais ligeiras. Paris caiu 0,79%, Frankfurt 0,59%, Madrid 0,36% e Londres 0,02%.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório