Meteorologia

  • 16 JUNHO 2019
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 17º

Edição

Trump pode ter um novo alvo na mira das tarifas... o vinho francês

O presidente dos EUA diz que é "injusto" que se cobre tão pouco pelo vinho francês que entra no mercado norte-americano, enquanto em França são aplicadas taxas mais elevadas.

Trump pode ter um novo alvo na mira das tarifas... o vinho francês

O presidente dos EUA, Donald Trump, pode ter um novo produto na mira para aplicar tarifas. Falamos do vinho francês, uma vez que esta possibilidade foi admitida pelo próprio numa entrevista à CNBC. A razão? Trump considera que os EUA têm uma relação injusta com os franceses.

"Sabe, França cobra-nos muito pelo vinho. E ainda assim, cobramos muito pouco pelo vinho (norte-americano). (...) Estamos a pagar muito dinheiro para colocar o nosso produto em França", disse Trump, em entrevista à CNBC, citado pela CNN

Convencido da relação que classifica de "injusta", Donald Trumo diz que os EUA estão preparados para agir: "E sabem que mais? Não é justo. Vamos fazer algo sobre isso", disse o presidente norte-americano. 

Trump e o seu homólogo francês encontraram-se na semana passada na pequena localidade de Colleville-sur-Mer, na Normandia, onde em 6 de junho de 1944 as tropas aliadas continuaram o desembarque iniciado no dia anterior, na fase final da II Guerra Mundial. 

O presidente dos EUA - que muitas vezes tem criticado o multilateralismo, preferindo as abordagens contratuais e de bilateralismo - concordou e reforçou a vantagem das alianças, dizendo que o vínculo dos EUA com os seus aliados, incluindo com França, é "inquebrável".

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório