Meteorologia

  • 15 JUNHO 2019
Tempo
15º
MIN 14º MÁX 17º

Edição

Proteção Civil garante que meios usados em novela da SIC eram de reserva

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC) garantiu hoje que os meios mobilizados para as filmagens de uma novela, em Leiria, não foram retirados da resposta operacional e que não esteve em causa o socorro à população. Também a produtora SP Televisão assegura que o compromisso era o de que "ao primeiro sinal de alerta", as gravações fossem "suspensas".

Proteção Civil garante que meios usados em novela da SIC eram de reserva
Notícias ao Minuto

11:48 - 23/05/19 por Lusa

País ANEPC

"Em nenhum momento esteve em causa o socorro à população, porquanto os meios mobilizados, na sua maioria, meios de apoio e não de combate direto, não foram retirados dos dispositivos de resposta operacional, sendo meios de reserva", garante a ANEPC.

O esclarecimento da ANEPC surge na sequência de uma notícia do Jornal de Notícias com o título "Proteção Civil põe forte contingente a fazer novela da SIC".

Segundo o Jornal de Notícias, todas as corporações de bombeiros de Leiria, o INEM, os militares do Grupo de Intervenção de Proteção e Socorro (GIPS), os "canarinhos" da Força Especial de Bombeiros (FEB) e SIRESP receberam ordens para rumarem às filmagens para recriar os incêndios de outubro de 2017 que provocaram a destruição quase total do Pinhal de Leiria e nos quais morreram 49 pessoas.

Em comunicado a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil garante ainda que "em caso de acionamento de algum tipo de alerta preventivo, ou em caso de ocorrência real, os meios seriam obviamente desmobilizados e a participação em causa automaticamente cancelada, pressupostos estes acordados previamente com a produtora".

Por outro lado, a ANEPC assegura que a avaliação da participação dos meios da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil numa ação de produção de um produto televisivo "foi feita exclusivamente com base no interesse informativo, da construção de mensagens de informação pública, que, no conjunto, poderão trazer um ganho expressivo no que respeita à sensibilização do público em geral para a matéria dos incêndios florestais".

 "Ao primeiro sinal de alerta, as gravações seriam canceladas"

Confrontada com a mobilização de meios da Proteção de Civil para a recriação do incêndio de outubro de 2017 para a novela 'Flor de sal', a SP Televisão garante, em resposta ao Notícias ao Minuto, que "em situação alguma os meios presentes comprometeram a resposta operacional das estruturas de Proteção Civil".

"Ao primeiro sinal de alerta e de mobilização de meios", acrescenta a produtora, em comunicado enviado ao Notícias ao Minuto, "todas as gravações seriam canceladas e os meios acionados para as suas operações de socorro. Esse foi o compromisso da SP Televisão com a Proteção Civil".

[Notícia atualizada às 16h34]

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Campo obrigatório