Meteorologia

  • 16 JULHO 2019
Tempo
22º
MIN 19º MÁX 25º

Edição

Quem ganha (e quem perde) com o petróleo nos 100 dólares por barril

Entre os mais e os menos penalizados, onde se situam os EUA?

Quem ganha (e quem perde) com o petróleo nos 100 dólares por barril

O preço do petróleo tem estado em alta, à boleia das sanções dos EUA ao Irão, mas este aumento representa um obstáculo para a economia mundial. De um lado, os países produtores beneficiam através do crescimento das receitas, mas do outro os países consumidores serão penalizados com um aumento do preço dos combustíveis, o que irá impulsionar a inflação. 

A agência Bloomberg preparou um conjunto de perguntas e respostas sobre o tema, onde explica, entre outras coisas, que os principais beneficiadores do petróleo em altas são a Arábia Saudita, a Rússia, a Noruega, a Nigéria e o Equador, citando uma análise do Nomura. 

Do lado oposto, entre os principais perdedores estão as economias emergentes com défices fiscais e de conta corrente elevados, como a Turquia, a Ucrânia e a Índia. Neste caso, os bancos centrais poderão ter de optar por aumentar as taxas de juro mesmo que o crescimento seja lento.  

E para os EUA?

Ainda segundo a análise da Bloomberg, os EUA não beneficiariam com o barril de petróleo a cotar nos 100 dólares. Isto porque esse aumento significaria uma pressão adicional para os consumidores norte-americanos, que são a base do crescimento norte-americano.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório