Meteorologia

  • 21 ABRIL 2019
Tempo
17º
MIN 14º MÁX 18º

Edição

BCE afirma que reduziu desde 2011 diferenças entre mulheres e homens

O Banco Central Europeu (BCE) anunciou hoje que reduziu desde 2011 as diferenças entre mulheres e homens em postos executivos e na possibilidade de ascensão de carreira.

BCE afirma que reduziu desde 2011 diferenças entre mulheres e homens
Notícias ao Minuto

13:01 - 16/04/19 por Lusa

Economia Banca

O BCE publicou hoje um estudo que assegura que, desde que introduziu medidas internas para impulsionar a promoção de mulheres, a diferença entre mulheres e homens diminuiu.

Antes de 2011 a probabilidade de um homem ser promovido no BCE depois de ter trabalhado dez anos na instituição era 36% mais alta do que a de uma mulher, mas este diferencial reduziu-se para 8% em 2018.

O estudo elaborado por Laura Hospido, Luc Laeven e Ana Lamo sublinha que, em geral, as mulheres pedem menos promoções no seio do BCE.

Em média, uma mulher demora nove anos a pedir uma promoção no BCE desde que ali começa a trabalhar, enquanto um homem tarda apenas seis anos.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Receba as melhoras dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório