Meteorologia

  • 22 MAIO 2022
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 23º

Merkel acusa indústria automóvel por falta de soluções para o diesel

A chanceler alemã Angela Merkel apelou à indústria automóvel para deixar de ser "miserabilista" e investir em soluções para os veículos a diesel responsáveis por emissões excessivas.

Merkel acusa indústria automóvel por falta de soluções para o diesel
Notícias ao Minuto

09:54 - 24/10/18 por Lusa

Economia Emissões

Merkel disse na noite de quinta-feira que o governo defende que os fabricantes devem pagar as peças dos carros afetados pelo escândalo relacionado com os veículos a diesel.

"Não é aceitável que a indústria automóvel (alemã) esteja a pagar grandes somas de dinheiro nos Estados Unidos, mas que esteja a provocar uma grande confusão aqui (Alemanha) por algumas centenas de euros", disse Merkel num discurso em Hesse.

Os comentários da chanceler alemã ocorreram numa altura em que se espera que o tribunal de Mainz, na Alemanha, venha a decidir se os antigos automóveis a diesel devem ser impedidos de circular devido à poluição atmosférica que podem provocar.

A Justiça alemã já aprovou medidas semelhantes sobre os carros a diesel nas cidades de Hamburgo, Berlim, Estugarda e Frankfurt.

Notícias ao Minuto nomeado para os Prémios Marketeer

O Notícias ao Minuto é um dos nomeados da edição de 2022 dos Prémios Marketeer, na categoria de Digital Media. As votações decorrem até ao próximo dia 31 de maio.

Para nos ajudar a vencer, basta aceder ao site da iniciativa organizada pela revista Marketeer, clicando aqui, e proceder ao preenchimento do formulário, selecionando Notícias ao Minuto na categoria de Digital Media e formalizando depois a votação. Obrigada pela sua preferência!

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Receba as melhores dicas de gestão de dinheiro, poupança e investimentos!

Tudo sobre os grandes negócios, finanças e economia.

Obrigado por ter ativado as notificações de Economia ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório