Meteorologia

  • 26 OUTUBRO 2021
Tempo
14º
MIN 14º MÁX 25º

Edição

Rui Vitória defende que um jogador "não tem que ser super-homem em miúdo"

Técnico considera que para se tornar uma figura de primeira linha, um jogador tem que ter tempo para evoluir.

Rui Vitória defende que um jogador "não tem que ser super-homem em miúdo"
Notícias ao Minuto

19:34 - 27/03/18 por Lusa

Desporto Fórum

O treinador do Benfica, Rui Vitória, defendeu hoje em Braga que, para se tornar uma figura de primeira linha, um jogador de futebol "não tem que ser um super-homem em miúdo".

O técnico, que falava no Forum do Treinador de futebol/fustal, organizado pela Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), frisou que mais do que "apostar" em jovens, trata-se de "acreditar" neles.

"Ninguém pode fazer jogadores de vassouras, tem que haver qualidade, obviamente, mas se tiveram alguns pré-requisitos, e em contextos bons, os jogadores têm uma evolução enorme em pouco tempo", disse.

Para o técnico, qualquer plantel deve ter uma margem para que esses jogadores possam aparecer: "Só com a abertura da porta, sem fazermos nada diretamente, (nós, treinadores da equipa principal) podemos ter um papel importante na formação", disse.

Rui Vitória considerou que os mais novos estão cada vez mais "a aparecer melhor preparados na parte profissional", mas vê neles "menos atrevimento", já que lhes "falta aquela malandrice, aquela parte mais atrevida que um jovem deve ter".

Na sua intervenção, Rui Vitória falou também sobre a fase vencedora das seleções nacionais de futebol e futsal, deixando a primeira palavra para os treinadores portugueses.

"Temos muita capacidade, a questão da adaptabilidade a qualquer contexto, a nossa parte emigrante, de ter que arranjar soluções, fez-nos avançar no tempo", frisou.

Rui Vitória destacou também o maior profissionalismo e a melhoria das condições de treino dos clubes como fatores determinantes para esse salto qualitativo.

Antes da palestra de Rui Vitória, a ANTF homenageou vários treinadores: João Ferreira, João Rocha (futsal), Jorge Braz (o selecionador nacional futsal recebeu dois prémios), José Pereira (o presidente da ANTF recebeu dois prémios), Orlando Duarte (futsal), Pedro Dias (futsal), Henrique Calisto, Álvaro Lima, Nascimento Rodrigues, Manuel Pedro Gomes, Otávio Machado, Nelo Barros (a título póstumo), Manuel Oliveira (a título póstumo), João Mota e Manuel José.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Quinto ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório