Meteorologia

  • 15 AGOSTO 2018
Tempo
21º
MIN 21º MÁX 22º

Edição

Prédio onde vive o árbitro Vasco Santos foi vandalizado

O Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol irá reportar a situação às autoridades.

Prédio onde vive o árbitro Vasco Santos foi vandalizado
Notícias ao Minuto

10:57 - 07/09/17 por Notícias Ao Minuto 

Desporto Comunicado

Na madrugada desta quinta-feira, o prédio onde vive o juiz Vasco Santos foi vandalizado. Através de um comunicado, o Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF) informou que irá reportar a situação às autoridades competentes. 

No site oficial da FPF, o Conselho de Arbitragem "condena de forma inequívoca e veemente este tipo de comportamento que visa perturbar os agentes da arbitragem", acrescentando ainda que "o comportamento irresponsável de agentes desportivos em relação aos árbitros e à arbitragem, velho de décadas, é potenciador deste tipo de situações."

Leia o comunicado na integra:

"1. O prédio onde mora o árbitro C1 Vasco Santos foi esta madrugada vandalizado.

2. O Conselho de Arbitragem fará chegar ainda hoje toda a informação disponível às autoridades, a exemplo do que sucedeu em ocasiões anteriores com episódios da mesma natureza.

3. O Conselho de Arbitragem condena de forma inequívoca e veemente este tipo de comportamento que visa perturbar os agentes da arbitragem.

4. O comportamento irresponsável de agentes desportivos em relação aos árbitros e à arbitragem, velho de décadas, é potenciador deste tipo de situações.

5. Tal como teve oportunidade de sublinhar recentemente, o Conselho de Arbitragem nota que os castigos a árbitros são efetivos enquanto os castigos a dirigentes desportivos produzem reduzido efeito prático.

6. O Conselho de Arbitragem exorta os clubes a demonstrar que são capazes de analisar a gravidade deste tipo de situações e encontrar soluções imediatas no quadro da autorregulação existente.

7. O discurso de ódio dos agentes desportivos tem como principal vítima a arbitragem – e o futebol! -, o que é insuportável e inaceitável.

8. O discurso de ódio no futebol tem de parar de imediato.

9. O Conselho de Arbitragem apela às autoridades públicas para que não esperem por uma tragédia para intervir.

10. O Conselho de Arbitragem defenderá de forma enérgica e inequívoca todos os árbitros portugueses."

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo segundo ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório

Os cookies ajudam-nos a melhorar a sua experiência como utilizador.

Ao utilizar o nosso website, está a aceitar o uso de cookies e a concordar com a nossa política de utilização.