Meteorologia

  • 28 NOVEMBRO 2022
Tempo
12º
MIN 9º MÁX 17º

"Suspeitas de corrupção? O futebol não precisa disto"

Vítor Oliveira comentou o desfecho da operação Jogo Duplo, que investigou suspeita de resultados combinados na II Liga.

"Suspeitas de corrupção? O futebol não precisa disto"

O treinador português Vítor Oliveira defendeu hoje que só clubes com salários em dia devem ser autorizados a competir nos campeonatos profissionais e não se mostrou surpreendido com as suspeitas de corrupção que afetam o futebol português.

No sábado, a Polícia Judiciária deteve 15 pessoas no âmbito da operação 'Jogo Duplo', por suspeitas de manipulação de resultados de jogos da II Liga, com recurso ao aliciamento de jogadores, e que começaram hoje a ser ouvidos em primeiro interrogatório judicial, em Lisboa.

"Acompanho isto com muita tristeza. Espero que nada se prove contra estas pessoas. O futebol não precisa disto", começou por dizer Vítor Oliveira, à margem do Congresso Internacional de Futebol, na Maia.

Entre os detidos estão quatro jogadores do Oriental e quatro da Oliveirense, o presidente e um diretor do Leixões, além de outras cinco pessoas suspeitas de viciação de resultados, relacionada com as apostas desportivas.

No entanto, e caso se confirmem as acusações, o treinador que conduziu o Desportivo de Chaves à subida à I Liga, apela a medidas extremamente duras.

"Caso se prove que há corrupção e que a hipótese da alteração de resultados é real, então as pessoas devem ser severamente punidas. É importante que se reflita sobre isso. Uma das razões mais importantes para este fenómeno tem a ver com os salários em atraso. Há clubes que não pagam há dois, três meses e os jogadores, com responsabilidades ao fim do mês, ficam mais frágeis", disse ainda.

Vítor Oliveira explicou ainda que é imperativo que "a Liga tome medidas, para que só participem nos campeonatos profissionais os clubes que cumpram com todos os critérios".

Em relação ao vencedor do campeonato nacional, o técnico explicou os motivos para o Benfica ter alcançado esse feito, apontando "erros graves" ao Sporting.

"Esta vitória do Benfica ficou a dever-se, muito especialmente, ao comportamento fora das quatro linhas das pessoas do Sporting. Os jogadores do Benfica sentiram o treinador ofendido e fizeram um grupo coeso. O Benfica jogou muitas vezes na garra e no querer. O Sporting cometeu erros de comunicação que ajudaram a que o Benfica saísse forte", afirmou.

Quanto ao futuro, Vítor Oliveira, que deixou o Chaves após garantir a subida à I Liga, promete novidades para breve.

"Até ao final da semana penso ter o futuro resolvido. Nem confirmo nem desminto [a hipóteses Desportivo das Aves]. Tenho alguns contactos e tenho reunido com alguns clubes. Estou a conhecer os projetos", finalizou.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sexto ano consecutivo Escolha do Consumidor e Prémio Cinco Estrelas para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório