Meteorologia

  • 22 JANEIRO 2020
Tempo
10º
MIN 7º MÁX 13º

Edição

Entre madrugadores, 'morcegos' e redentores nada mudou

Sporting, Benfica e FC Porto fecham a 11ª jornada da Liga NOS tal como a começaram.

Entre madrugadores, 'morcegos' e redentores nada mudou

Com mais ou menos justiça, com mais ou menos golo, a 11ª jornada da Liga NOS acabou tal e qual como começou: depois do FC Porto vencer o Tondela em Aveiro, colocando, assim, pressão nos rivais diretos, Sporting e Benfica não vacilaram e mantiveram distâncias na tabela classificativa.

Os ‘dragões’ deram o pontapé de saída frente a um Tondela desesperado por pontos, que muito perto esteve de os conseguir, não fosse Iker Casillas a defender um penálti já perto do fim. O espanhol, que durante a semana deixou os adeptos portistas de nervos em franja ao sofrer um ‘frango’ contra o Dínamo Kiev, redimiu-se e impediu que o FC Porto se atrasasse na luta pelo título.

48 horas depois, foi a vez do Sporting entrar em campo. Os ‘leões’ quase cederam sob o peso da pressão da liderança isolada e, não fosse o ex-Sporting Tonel a retirar (literalmente) a bola da cabeça de Slimani com o punho, já bem perto do final, a história poderia ter sido bem diferente. Quem não cedeu foi William Carvalho que, dos 11 metros, fez o tardio golo que deu uma vitória tão justa quanto sofrida que mantém o Sporting a distância segura dos rivais.

Por fim, o Benfica. Os ‘encarnados’ entraram apostados em afastar os ‘fantasmas’ do passado e, à passagem do quarto de hora, já venciam o Sporting de Braga por 2-0. O jogo não foi tão fácil quanto o resultado final – os bracarenses ainda enviaram três bolas ao poste – mas, dado o apito final, Rui Vitória suspirou de alívio ao trazer de volta para Lisboa os desejados (e tão necessários) três pontos.

Terminada a jornada dos ‘grandes’, tudo acabou como começou. O Sporting continua na liderança isolada, com uns seguros cinco pontos de vantagem sobre o FC Porto e oito sobre o Benfica, ainda que com um jogo a mais em relação aos dois rivais. Na próxima jornada, são os ‘encarnados’ quem darão o pontapé de saída, em casa, frente à Académica. Seguem-se ‘dragões’, que recebem o Paços de Ferreira, e, finalmente, os ‘leões’ serão quem terá a tarefa mais difícil, com uma deslocação à Madeira para defrontar o Marítimo.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório