Meteorologia

  • 23 JANEIRO 2020
Tempo
10º
MIN 8º MÁX 13º

Edição

"A sorte dá trabalho e Jesus trabalha muito"

O antigo presidente do Sporting comenta no jornal A Bola a chegada do novo treinador ao clube e também os objetivos que devem nortear o clube na nova temporada.

"A sorte dá trabalho e Jesus trabalha muito"

Sousa Cintra já foi o 'comandante supremo' do Sporting. Hoje, olha para o clube à distância de um adepto, considerando que a onda de entusiasmo e de confiança no rumo traçado por Bruno de Carvalho terá de se traduzir em títulos. Sobre Jesus, opina o antigo presidente que parece que trabalha mais que os jogadores, um aspeto que poderá deixar o emblema leonino mais próximo da sorte que lhe tem faltado nos últimos anos na altura de 'fechar' a conquista do título de campeão.

O Sporting “começou muito bem, com uma pré-época fantástica, ganhou a Supertaça ao nosso rival de sempre, o Benfica, com todo o mérito, está no bom caminho, esperemos que continue com estas vitórias todas”, explicou à Bola TV.

Sobre a chegada de Jorge Jesus, o antigo presidente dos 'leões' é muito esclarecedor, falando mesmo num homem que trabalha para transformar a sorte numa realidade contável em pontos.

“Oxalá [Jesus] consiga manter o ritmo. É um treinador campeão. Espero que faça o mesmo no Sporting. Mas a sorte dá trabalho. E Jesus trabalha muito, tenho a impressão que fica mais cansado que alguns jogadores”, atirou, explicando depois que o clube leonino precisa de títulos.

“Vive-se um ambiente de euforia. O Sporting não pode perder confiança, entusiasmo. O Sporting precisa de ser campeão. Acredito que vai conseguir, há uma motivação muito grande”, concluiu.

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Acompanhe o site eleito pelo quarto ano consecutivo Escolha do Consumidor.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download Google Play Download

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório