Meteorologia

  • 23 JULHO 2024
Tempo
25º
MIN 23º MÁX 37º

Mangala valida aposta em Vítor Bruno: "Vítor Pereira era adjunto..."

Defesa-central falou ainda da subida de André Villas-Boas à presidência do FC Porto.

Mangala valida aposta em Vítor Bruno: "Vítor Pereira era adjunto..."
Notícias ao Minuto

19:45 - 16/06/24 por Notícias ao Minuto

Desporto FC Porto

Eliaquim Mangala concedeu, este domingo, uma extensa entrevista ao jornalista luso-francês Rémi Martins, na qual falou sobre a aposta do FC Porto em Vítor Bruno, adjunto de Sérgio Conceição que agora assumiu o cargo de treinador principal.

O defesa-central, que esteve três épocas no FC Porto, apanhou um ciclo também ele positivo. Depois de Villas-Boas ganhar todos os títulos, em 2011/12, o técnico partiu para o Chelsea e foi substituído pelo seu adjunto Vítor Pereira.

Mangala não tem dúvidas de que Vítor Bruno poderá ter sucesso, pese embora o período de sucesso que Sérgio Conceição teve nos últimos sete anos.

"Temos de dar os parabéns ao Sérgio por aquilo que ele fez ao longo destes anos. Para o Vítor Bruno é um novo desafio e poder dar provas como número 1 da equipa técnica. Resta saber como é que o Vítor Bruno vai assumir o seu papel. Uma coisa é ser adjunto, outra é ser treinador principal. Tive a sorte de ser treinado pelo Vítor Pereira, que era adjunto do André Villas-Boas, e ele fez um bom trabalho, acabou por correr bem. Espero que corra tudo bem para o clube", começou por dizer o central.

Mangala abordou ainda a mudança de ciclo que se está a registar no FC Porto, com a saída de Pinto da Costa da presidência e a chegada de André Villas-Boas.

"Uma época assim é sempre difícil de aceitar, mesmo com a Taça de Portugal. Havia muitos elementos externos e muita instabilidade e isso acaba por prejudicar a muitos níveis. Foi o fim de uma era para o presidente, até o Sérgio saiu. Tudo o que aconteceu foi complicado. E, apesar de tudo, foram buscar um título no final da época. Na adversidade, o FC Porto vai sempre ganhar algo. Este título mostra que, quando te querem pôr em baixo, vais buscar algumas coisas. Pinto da Costa é símbolo do clube, é difícil vê-lo partir. Serei sempre grato. Tive a oportunidade de crescer e evoluir nessa estrutura que ele montou do zero. Mas são ciclos e vamos sempre lembrar-nos do que ele fez pelo clube", prosseguiu.

"O FC Porto nunca perdeu o espírito ganhador. Às vezes o clube precisa de mudanças. Em algum momento surge essa necessidade de mudança. Vão entrar numa nova dinâmica. André Villas-Boas foi o último treinador a ganhar uma prova europeia e isso é bastante simbólico. Se ajudar o clube a voltar aonde precisa de estar, é o mais importante. Será preciso ter alguma paciência nesta restruturação", finalizou.

Leia Também: FC Porto 'pesca' na Catalunha e pode receber dois reforços do Barcelona

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório