Meteorologia

  • 22 JUNHO 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 27º

Portugal termina estágio 'de pé esquerdo' e bate a Irlanda por 3-0

João Félix e Cristiano Ronaldo apontaram os golos da equipa das quinas.

Portugal termina estágio 'de pé esquerdo' e bate a Irlanda por 3-0
Notícias ao Minuto

21:39 - 11/06/24 por Filipe Carmo

Desporto Particular

Portugal passou com distinção no último teste antes da viagem para a Alemanha, onde dentro de três dias se inicia o Euro’2024. Depois de dois jogos de cariz particular, frente a Finlândia e Croácia e nos quais a equipa das quinas não foi totalmente convincente, eis que foi frente à Irlanda, com uma vitória por 3-0, que se conseguiu a confiança necessária para a competição que se avizinha.

João Félix e Cristiano Ronaldo marcaram, de pé esquerdo, os três golos da seleção e deixaram a Irlanda de John O’Shea sem resposta. João Cancelo, no setor mais recuado, e Bruno Fernandes, ao centro, ajudaram a colorir ainda mais a exibição.

Só deu Portugal na 1.ª parte

Os primeiros 45 minutos foram de um domínio quase total por parte da equipa portuguesa, numa tentativa constante de ter bola e de fazê-la circular por todos os setores. João Félix, um dos mais irreverentes, fez o primeiro golo aos 12 minutos, mas o lance acabou anulado por fora de jogo. Pouco depois, Bruno Fernandes e Rafael Leão, numa jogada de grande entendimento, deixaram novo aviso.

O pé esquerdo de Félix estava a causar estragos e foi assim que o avançado inaugurou o marcador. João Cancelo bateu um canto curto para Bruno Fernandes, que encontrou Félix na desmarcação. Com a ‘mira’ apontada ao golo, o ex-Benfica rematou e encaixou a bola no canto inferior esquerdo da baliza defendida por  Kelleher.

Cristiano Ronaldo apareceu pela primeira vez no jogo ao minuto 22. Num livre direto, atirou tenso e colocado, mas valeu à Irlanda a barreira, que desviou a bola para o poste. O som do impacto ‘gelou’ o Municipal de Aveiro que estava desejoso de gritar ‘siiiii’.

Se lá à frente, tudo corria bem, foi lá atrás que Portugal foi sentindo algumas dificuldades. Diogo Costa ‘fez tremer’ os companheiros por duas ocasiões, tardando a largar a bola, e um erro de Gonçalo Inácio, aos 23 minutos, obrigou António Silva a um corte de urgência. O central dos encarnados fez um festejo discreto.

Ao minuto 30, Pepe foi pisado e temeu-se a sua continuidade em campo. Recentemente regressado de lesão, o defesa dos dragões queixou-se, mas acabaria por conseguir voltar ao jogo, do qual saiu ao intervalo. Durante a sua ausência, um novo erro defensivo ‘destapou’ as fragilidades defensivas.

Já perto do intervalo, Cristiano Ronaldo foi ‘atropelado’ na área e pediu-se penálti. Apesar da falta parecer evidente, Chris Kavanagh mandou seguir. Dois minutos depois, assistido por Bruno Fernandes, o avançado do Al Nassr atirou à figura.

Com Ronaldo em campo, há sempre um golaço na 'cartola'

Portugal regressou do período de descanso com cinco alterações. Nélson Semedo, Nuno Mendes, Rúben Neves, Danilo Pereira e Diogo Jota renderam Diogo Dalot, João Cancelo, João Félix, Pepe e Rafael Leão, mas foi o capitão a causar mais estragos logo no arranque da segunda parte. Numa receção perfeita de pé direito, Ronaldo puxou para a esquerda e atirou a bola sem hipótese de defesa.

Quatro minutos depois, Ronaldo estava preparado para aumentar a vantagem através de uma grande penalidade, mas, depois de recorrer ao VAR, Chris Kavanagh voltou a não encontrar motivos para apontar para sancionar a Irlanda com o castigo máximo, depois de ver Diogo Jota cair perto da área.

Sem penálti para bater, Cristiano Ronaldo encontrou forma de fazer o segundo da conta pessoal. Novamente de pé esquerdo, o avançado aproveitou com excelência um passe de Jota e fez o terceiro de Portugal.

A seleção nacional vira agora todas as atenções para o campeonato da Europa. É a 18 de junho que o grupo de Roberto Martínez joga o primeiro jogo, frente à Chéquia, seguindo-se depois a Turquia, no dia 22, e a Geórgia, a 26.

Momento do jogo: O golo pleno de inspiração apontado por Cristiano Ronaldo marca a partida. Dúvidas houvessem, o craque mostrou ao selecionador que merece a titularidade e deverá arrancar o Euro como o principal homem da frente.

Onzes

Portugal: Diogo Costa; António Silva, Pepe e Gonçalo Inácio; Dalot, João Neves, Bruno Fernandes e Cancelo; Rafael Leão, João Félix e Cristiano Ronaldo. 

República da Irlanda: Kelleher; Scales; O'Brien; O'Shea; Brady; Cullen; Smallbone; Coleman; Szmodics; Idah e Parrott.

Antevisão

Portugal conclui, esta terça-feira, a fase de preparação para o Euro'2024. O jogo que encerra a fase de experiências será contra a República da Irlanda, seleção liderada pelo ex-futebolista John O'Shea, e terá como palco um Estádio Municipal de Aveiro completamente lotado.

A equipa das quinas deve entrar em campo com Cristiano Ronaldo e Rúben Neves, que estiveram ausentes das partidas frente a Finlândia e Croácia por terem usufruído de mais uns dias de descanso, em virtude da participação na Taça do Rei saudita.

No último confronto com a República da Irlanda, durante a fase de qualificação para o Mundial'2022, Portugal não foi além de um empate sem golos. Agora, com Roberto Martínez ao comando, só a vitória ajudará a tranquilizar antes da viagem para a Alemanha.

Acompanhe, através do Desporto ao Minuto, todas as incidências do jogo que tem apito inicial marcado para as 19h45.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório