Meteorologia

  • 17 JUNHO 2024
Tempo
21º
MIN 16º MÁX 22º

Vítor Baía nega dívida: "Nunca custeei festas com o cartão do FC Porto"

Ex-administrador da SAD azul e branca desmente, ainda, a existência de "quaisquer problemas fiscais".

Vítor Baía nega dívida: "Nunca custeei festas com o cartão do FC Porto"
Notícias ao Minuto

06:44 - 10/06/24 por Notícias ao Minuto

Desporto FC Porto

Vítor Baía enviou, este domingo, um comunicado às redações, no qual negou, de forma perentória, as notícias que alegavam que Jorge Nuno Pinto da Costa teria assumido uma dívida que o próprio teria deixado num cartão de crédito do FC Porto.

"Não deixei qualquer cartão de crédito com passivo, muito menos da absurda quantia de € 50.000,00", assegura, o ex-administrador da SAD azul e branca, acrescentando que o antecessor do atual presidente, André Villas-Boas, também não "assumiu qualquer dívida" sua ou "fez qualquer encontro de contas".

O antigo guarda-redes negou, ainda, a existência de "quaisquer problemas fiscais, muito menos 'vários'": "Nunca o Estado ordenou qualquer penhora a ordenados ou prémios que eu tivesse direito a receber".

"Nunca custeei qualquer festa ou batizado com o cartão do clube, sendo essa alusão, para além de perfeitamente ridícula e infeliz, feita por alguém que não percebe sequer como funciona um cartão bancário, nem a forma como eram atribuídas as despesas de representação aos membros do conselho de administração", referiu.

"A gratificação 'de mais de € 280.000,00' nunca foi arrestada ou penhorada. Pelo contrário, foi recebida por todos os anteriores administradores mas não por mim, pelo que permanece em dívida e terá que me ser paga até ao final do corrente mês de junho, caso contrário será judicialmente cobrada", prosseguiu.

"Nunca declarei qualquer vencimento que não o real, sendo tal alusão, uma vez mais, para além de perfeitamente ridícula, notoriamente infeliz. Para além disso, o saldo do meu cartão sempre foi o mesmo e igual ao dos restantes administradores, não existindo qualquer obrigação assumida ou a assumir pelo clube, já que, por muitas despesas que me pudessem querer imputar, sempre seria credor e não devedor", concluiu.

Leia Também: Imbróglio no FC Porto. AVB terá de pagar para desfazer negócio de PdC

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório