Meteorologia

  • 27 MAIO 2024
Tempo
16º
MIN 14º MÁX 22º

CEO do Bayer Leverkusen revela estratégia que ajudou a 'roubar' Grimaldo

Fernando Carro considera que o ex-Benfica é "o melhor lateral-esquerdo espanhol".

CEO do Bayer Leverkusen revela estratégia que ajudou a 'roubar' Grimaldo
Notícias ao Minuto

23:25 - 15/04/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Bundesliga

Fernando Carro, CEO do Bayer Leverkusen, concedeu esta segunda-feira uma entrevista ao jornal espanhol AS, na qual revelou como conseguiu convencer Alejandro Grimaldo a trocar o Benfica pelo conjunto alemão no verão passado.

"Os retoques de Simon Rolfes, com toda a sua equipa a apoiá-lo, foram fundamentais. Contratámos jogadores de acordo com as necessidades da equipa em comunicação com o treinador. Nas reuniões entre nós os três, decidimos as prioridades em cada posição e, no verão, conseguimos trazer a prioridade número um em cada posição. Isso não acontece muitas vezes. Tivemos reuniões com os jogadores, o projeto foi-lhes explicado. Boniface e Xkaha não foram fáceis de negociar: Grimaldo saiu de graça. É um esforço de equipa impressionante", começou por dizer Carro, deixando elogios ao ex-Benfica.

"Na minha opinião, é o melhor lateral esquerdo de Espanha e, para mim, é titular da seleção nacional", frisou o dirigente, destacando o papel de Xabi Alonso na chegada de Grimaldo.

"Sem dúvida que ajuda. Um Xhaka, um Grimaldo... Para eles, saberem quem é Xabi Alonso e que vão ser treinados por ele é fundamental. O treinador é sempre importante para convencer o jogador. Neste caso, aliás, aliado ao bom trabalho do clube", vincou.

Fernando Carro não escondeu ainda que existe uma grande possibilidade de Xabi Alonso um dia treinar o Real Madrid.

"Xabi é já um grande treinador, jovem, com uma longa carreira. Será um dos grandes da história, tal como o foi enquanto jogador. Estou convencido de que também será um grande treinador. Para nós é um prazer trabalhar lado a lado com ele, ver as qualidades que tem para gerir um plantel, um balneário, para tomar decisões, para dirigir sessões de treino..... Ele tem muitas qualidades. E o cargo de treinador é muito difícil, porque tem de gerir 40 pessoas. Por outro lado, penso que Xabi encontrou no Bayer Leverkusen o clube perfeito para levar a cabo a sua ideia. É um clube muito profissional, com uma grande organização, e penso que nós fornecemos os recursos e o contexto ideal", ressaltou.

"Real Madrid? É possível que, num determinado momento da sua carreira de treinador, acabe por dirigir o Real Madrid, sim", finalizou.

Leia Também: "Bayer Leverkusen faz lembrar o Barcelona de Messi, Iniesta e Xavi"

Leia Também: Radiante com o título inédito, Xabi Alonso não esquece... Roger Schmidt

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório