Meteorologia

  • 18 MAIO 2024
Tempo
20º
MIN 13º MÁX 20º

"Penso que nos arriscamos a ver uma dobradinha do Sporting este ano"

Treinador do RB Bragantino garante que Rúben Amorim está preparado para treinar no Liverpool.

"Penso que nos arriscamos a ver uma dobradinha do Sporting este ano"
Notícias ao Minuto

16:47 - 15/04/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Pedro Caixinha

Pedro Caixinha, atual treinador do RB Bragantino, concedeu, esta segunda-feira, uma extensa entrevista ao podcast Final Cut, da agência Sports Tailors, na qual, entre outros temas, deixou grandes elogios à temporada que o Sporting tem vindo a realizar, destacando a regularidade dos leões em comparações com Benfica e FC Porto.

"Via-se desde o início deste ano. Se juntarmos uma máquina goleadora como o Gyokeres, é incrível. O Sporting joga muito dentro do que são as novas tendências do jogo. À parte dos jogos ganhava e mantinha a regularidade, coisa que não vimos no FC Porto e o Benfica, comparativamente ao ano passado, ainda menos. Penso que nos arriscamos a ver uma dobradinha do Sporting este ano", começou por dizer, garantindo que Rúben Amorim está preparado para orientar o Liverpool se a ocasião surgir.

"Rúben Amorim está preparado para o Liverpool e eu acho que não é jovem. Tem maturidade, experiência futebolística, conhecimento e a preparação. Falou-se muito da preparação, por não ter o curso Pro e estar no banco. Foi, se não estou em erro, o único campeão nacional que depois terminou a UEFA Pro e, tanto quanto sei, fê-lo com a mesma humildade e naturalidade. Já tinha feito também uma pós-graduação. É uma pessoa que se quer formar e acredita naquilo que faz. É muito orgulhoso, incisivo, mas sabe que o caminho é para ali e é por ele e que todos têm de seguir", prosseguiu.

Agora no Brasil, Pedro Caixinha não esconde que ambiciona com, um dia, poder treinar um dos três grandes em Portugal.

"Ia gostar de um dia treinar na primeira divisão como dizíamos antigamente. Uma vez lá chegado qual é depois o sonho? Treinar um dos grandes e depois uma experiência estrangeiro. O meu percurso foi um bocadinho ao contrário, mas continuo a amar o futebol do nosso país, a alimentar a esperança de um dia regressar a Portugal até porque são muitos anos fora de casa. Também alimento a esperança de um dia poder treinar um grande. Tudo a seu tempo. Quando a oportunidade aparecer estaremos muito mais preparados e teremos todo o prazer de desenvolver esse projeto", finalizou.

Leia Também: Rúben Amorim e o título: "Temos de matar as esperanças dos adversários"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório