Meteorologia

  • 26 MAIO 2024
Tempo
23º
MIN 14º MÁX 23º

"Quatro pontos de avanço é um dia mau e fica-se com um ponto"

Treinador do Sporting pede foco aos jogadores.

"Quatro pontos de avanço é um dia mau e fica-se com um ponto"
Notícias ao Minuto

23:09 - 06/04/24 por Notícias ao Minuto

Desporto Rúben Amorim

Rúben Amorim, treinador do Sporting, em declarações à Sport TV, logo após a vitória frente ao Benfica (2-1), em jogo da 28.ª jornada da I Liga. 

Análise: "Numa fase em que tudo conta, um confronto direto onde podemos ganhar vantagem, por tudo o que significa. Em termos de confronto direto, empatámos e depois será a diferença de golos. Isso é importante. Tudo conta. Foi um jogo muito complicado com jogadores com muito talento. Entrámos muito bem. Era impossível entrarmos melhor. Marcámos um golo, mas achei a equipa ansiosa. O Morita com algumas perdas de bolas, quando tínhamos espaço para jogar. Mas fomos sempre competentes e não deixámos o Benfica criar muito. Depois aquele antes do intervalo complicou um bocadinho as contas. Na segunda parte foi um jogo dividido. Acho que tivemos um bocadinho mais de oportunidade e depois o golo do Geny. Correu tudo bem. Agora é seguir em frente." 

Golo logo no arranque: "Volto a dizer que estávamos ansiosos com a bola e o Benfica tem muita qualidade e fazia muitas saídas a três. O Neres não tinha posição fixa, o Di María também não... Defendemos bem, mas não tivemos tanta bola. Na segunda parte melhorámos. Um jogo dividido que em certas fases poderia ter caído para qualquer lado. Caiu para nós e ainda bem." 

Cinco mudanças no onze: "Por tudo, pela gestão dos jogadores e por conta disso [do jogo da Taça]. O encaixe seria melhor. Fizemos uma gestão como temos vindo a fazer. Todos estão preparados para jogar e provámos isso mais uma vez." 

Geny decisivo: "Para todos... Não é a primeira vez que um jogador do Sporting chora. Se repararmos são jogadores que passaram um mau bocado. O Geny na época passada mal jogou com muitas lesões e este ano está a crescer e fez dois golos num jogo importantíssimo. Tal como o Quaresma, que passou mal em Tondela e na Alemanha. Querem muito isto e é um desabafar quando as coisas correm bem." 

Há possibilidades de o Sporting não ser campeão: "Claro que há. Já falei com os jogadores sobre isso. Quatro pontos de avanço é um dia mau e fica-se com um ponto. Temos muito para fazer e amanhã estaremos a trabalhar na academia, como fazemos sempre." 

Fica no Sporting se ganhar o título: "Não vou falar mais sobre o meu futuro. Eu quero sempre responder às perguntas, para não fugir aos temas, mas já não tenho nada para dizer. Em vez de estar sempre a dizer a mesma coisa, vou seguir em frente." 

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório