Meteorologia

  • 25 FEVEREIRO 2024
Tempo
14º
MIN 13º MÁX 18º

FC Porto esquece desilusão, ultrapassa Benfica e Clássico promete aquecer

Portistas com vitória tranquila antes do Clássico em Alvalade. Dragões beneficiaram da derrota do Sporting em Guimarães, assim como do empate do Benfica com o Farense, e igualaram os leões na liderança. Encontro da próxima jornada pode ditar um líder isolado.

FC Porto esquece desilusão, ultrapassa Benfica e Clássico promete aquecer
Notícias ao Minuto

22:27 - 09/12/23 por Rodrigo Querido

Desporto I Liga

O FC Porto deixou para trás a eliminação na Taça da Liga a meio da semana frente ao Estoril e somou nova vitória na I Liga, este sábado, na receção ao Casa Pia (3-1), em jogo da 13.ª ronda. Uma vitória tranquila e que apimenta o Clássico da próxima jornada contra o Sporting, que acontecerá no Estádio de Alvalade.

Evanilson abriu as contas na partida (12'), antes de Zé Pedro (49') e Pepe (81') marcarem na segunda parte. Fernando Andrade fez o golo de honra dos gansos (89') na marcação de uma grande penalidade.

Filme do jogo:

Tal como faziam antever as palavras de Sérgio Conceição na antevisão a esta partida, o treinador do FC Porto preparou muitas mexidas para o jogo que se seguiu à eliminação da Taça da Liga aos pés do Estoril. A formação portista teve peso no onze inicial e isso confirmou-se com as presenças dos jovens Zé Pedro e João Mendes.

E bastaram poucos minutos para se ver um FC Porto muito diferente daquele que esteve na Amoreira a meio da semana. Os dragões não demoraram muito tempo para mostrar ao que vinham: à procura rapidamente do golo. A ambiciosa postura de pressão alta limitou o raio de ação do Casa Pia e foi sem surpresas que o primeiro dos portistas surgiu aos 12 minutos. Numa zona mais alta do terreno de jogo, Zé Pedro interceptou um passe de André Geraldes e serviu Eustáquio. O internacional canadiano cruzou da esquerda para a finalização fácil de Evanilson. O brasileiro fugiu à marcação e anotou o seu 11.º golo da temporada.

Em vantagem, o FC Porto criou mais um par de boas ocasiões finalização para lá do golo de Evanilson, perante um Casa Pia que se mostrou incapaz de reagir a esta entrada de rompante do adversário. Aos 17 minutos, Pepê entregou atrasado para um remate de Eustáquio com a bola a bater num adversário. Depois, aos 28', Ricardo Batista salvou o 2-0 com uma defesa de recurso. Evanilson serviu o compatriota Pepê e este atirou para uma grande defesa do guardião dos lisboetas.

O lance de maior polémica desta primeira parte aconteceu em cima da meia hora de jogo, uma situação em que o Casa Pia pediu um cartão vermelho direto para Pepe. Clayton interceptou um mau atraso de João Mendes, correu na direção da baliza de Diogo Costa, mas o central portista apareceu para o corte. Os lisboetas muito protestaram, mas o árbitro João Gonçalves, depois de ouvir o VAR, entendeu que o lance foi limpo e mandou seguir.

A partida acalmou na reta final da primeira parte, mas nem por isso o Casa Pia deixou de tentar procurar o golo. Já numa altura em que o FC Porto não tinha o domínio que apresentou nos minutos anteriores, Diogo Costa foi chamado a negar aquele que poderia ter sido o primeiro golo dos gansos. Após um erro dos dragões, Yuki Soma explorou o espaço aberto do lado esquerdo do ataque e tirou cruzamento venenoso na direção do coração da área. A bola desvia em Pepe, mas o guarda-redes voa para evitar que esta entre na baliza.

Sem mexidas para a segunda parte, o FC Porto entrou para a etapa complementar com a mesma energia que tinha apresentado no arranque do encontro e chegou rapidamente ao 2-0, num lance desenhado por jogadores habitualmente utilizados pela equipa B. Após um canto João Mendes na direita, Zé Pedro apareceu solto na área e cabeceou para o fundo da baliza. Um golo muito festejado pela equipa e que marca a estreia a marcar do defesa-central pela equipa principal dos azuis e brancos.

Mais tranquilo na partida, o FC Porto baixou o ritmo de jogo, talvez a pensar no duelo da próxima quarta-feira contra o Shakhtar Donetsk e que será decisivo para a continuidade na Liga dos Campeões. Ainda assim, houve espaço para mais um golo. Ricardo Batista ainda defendeu um disparo forte de Taremi, mas a bola vai parar aos pés de Eustáquio. O médio coloca rasteiro na zona da pequena área e Pepe faz o mais fácil, atirando para a baliza sem oposição. Um golo que antecedeu a ovação da noite ao capitão, substituído instantes depois.

O melhor que o Casa Pia fez foi reduzir distância através da marcação de uma grande penalidade. Após consultar o VAR, João Gonçalves descortinou um pisão de Jorge Sánchez a Jajá dentro da área. Chamado a bater o castigo máximo, Fernando Andrade marcou frente à antiga equipa, mas não festejou (89').

Feitas as contas, o FC Porto ultrapassa Sporting de Braga e Benfica, que se defrontam na jornada seguinte, e cola-se ao Sporting na liderança do campeonato com 31 pontos. Do Clássico da próxima semana entre leões e azuis e brancos pode sair novo líder isolado da I Liga. Por seu turno, o Casa Pia é 11.º colocado com 13 pontos.

Momento do jogo: O golo de Zé Pedro logo no arranque do segundo tempo 'matou' aquela que poderia ser a reação do Casa Pia na etapa complementar.

Equipas iniciais

FC Porto: Diogo Costa, Jorge Sánchez, Pepe Zé Pedro, João Mendes, Pepê, Eustáquio, Alan Varela, Iván Jaime, Taremi e Evanilson.

Suplentes: Cláudio Ramos, Fábio Cardoso, Marko Grujic, Zaidu, Galeno, Namaso, André Franco, Fran Navarro e Gonçalo Borges.

Casa Pia: Ricardo Batista, Fernando Varela, Vasco Fernandes, Nermin Zolotic, André Geraldes, Beni Mukendi, Samuel Justo, Leonardo Lelo, Tiago Dias, Clayton Silva, Yuki Soma.

Suplentes: Lucas Paes, Tchamba, João Nunes, Neno, Fernando Andrade, Felippe, Larrazabal, Jajá e Pablo Roberto.

Antevisão

O FC Porto é o último dos três 'grandes' a entrar em ação nesta jornada 13 da I Liga. Os azuis e brancos recebem, este sábado, o Casa Pia (20h30), num duelo que se segue ao que foi uma grande decepção para a equipa orientada por Sérgio Conceição. 
 
Depois da derrota a meio da semana frente ao Estoril Praia (3-1), que afastou os dragões da final four da Taça da Liga, competição na qual são os detentores do troféu, a formação azul e branca procura igualar frente ao Casa Pia a melhor série de triunfos seguidos no campeonato, com três, um registo pouco habitual numa altura em que já está cumprido mais de um terço da competição.

No entanto, do outro lado, estará uma equipa em clara mudança de ciclo. A chegada de Pedro Moreira tirou os gansos da zona vermelha da classificação. Os lisboetas somaram um empate e uma vitória sob o comando do novo timoneiro, e prometem, à semelhança do que aconteceu na época passada no Dragão, dificultar a tarefa do FC Porto.

O encontro entre FC Porto e Casa Pia está agendado para as 20h30 deste sábado no Estádio do Dragão, contará com a arbitragem de João Gonçalves e poderá segui-lo, em direto, na página do Desporto ao Minuto.

Leia Também: Sporting-FC Porto em 'alerta amarelo'. Meia dúzia de jogadores em risco

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório