Meteorologia

  • 18 JULHO 2024
Tempo
17º
MIN 16º MÁX 33º

Em Angra, não houve 'Heroísmo' do Lusitânia. Benfica continua na Taça

O Benfica goleou o Lusitânia, nos Açores, por 1-4, na tarde desta sexta-feira.

Em Angra, não houve 'Heroísmo' do Lusitânia. Benfica continua na Taça
Notícias ao Minuto

18:27 - 20/10/23 por David Silva

Desporto Taça de Portugal

Na ilha Terceira, o Benfica venceu na terceira eliminatória da Taça de Portugal. Os encarnados triunfaram na (rara) deslocação à ilha dos Açores, por 1-4, nesta sexta-feira. Gonçalo Guedes teve dois golos anulados.

Roger Schmidt promoveu algumas alterações no onze inicial, mexidas essas que já tinham sido anunciadas na conferência de imprensa anterior ao jogo. Samuel Soares jogou de início, Bernat do lado esquerdo, Chiquinho ao lado de João Neves no meio-campo e a dupla de ataque foi composta por Casper Tengdstedt e Arthur Cabral. 

O Benfica ameaçou cedo, através de um dos melhores elementos do encontro - Rafa Silva. Logo aos dois minutos, testou o guarda-redes Diogo Sá. Não demorou muito mais até ao primeiro golo. E que golo. João Mário finalizou de calcanhar um cruzamento rasteiro de Fredrik Aursnes, numa incursão do lateral-direito no ataque. 

Depois, houve um primeiro esboço de perigo por parte do Lusitânia por Cabral, ex-jogador do Sporting, de fora da área. Samuel Soares foi ao chão para agarrar a bola. Só que o Benfica marcou o segundo golo pouco depois. Chiquinho ganhou a bola no meio-campo e foi expedito a isolar Rafa Silva na cara do guardião contrário. O antigo internacional luso não desperdiçou.

O Lusitânia ia dando um 'ar de sua graça' e aplicou mais um remate, por intermédio de Cabral, de fora da área, aos 42 minutos, para nova defesa de Soares. Ainda antes do final da primeira parte, os açorianos ganharam um penálti após uma cotovelada indiscutível de Aursnes. Enzo Ferrara reduziu e ficou com uma história para contar aos netos.

Schmidt promoveu duas substituições ao intervalo. Tirou Bernat para o lugar de Jurasek, e chamou Gonçalo Guedes para o lugar de Tengstedt. 

O Benfica continuou a pressionar a defensiva contrária com ataques rápidos, e desenhou bem uma oportunidade aos 60 minutos. Rafa arrancou pela esquerda, João Mário amorteceu e João Neves ficou perto do golo aos 60 minutos. Os encarnados não facilitaram e acabaram por marcar o terceiro golo, já aos 67 minutos. E com uma estreia. Ao oitavo jogo de águia ao peito, Arthur Cabral chegou pela primeira vez ao ansiado tento, ao aproveitar uma desatenção da defesa contrária. 

Roger Schmidt aproveitou a ocasião ainda para dar minutos a Tiago Gouveia, extremo que esteve emprestado ao Estoril na época passada e procura uma oportunidade na equipa principal do Benfica. O jovem extremo correspondeu com um grande golo, em velocidade, a cavalgar pela direita e a marcar na cara do guardião contrário.

Destaque ainda para dois golos anulados a Gonçalo Guedes, que também mereceu alguns minutos para reentrar na melhor forma física após longas paragens por lesão. Contra o Estoril, já tinha participado em cinco minutos, a partir do banco. Com esta vitória, o Benfica segue em frente na Taça de Portugal.

Onzes

Lusitânia: Diogo Sá, David Semedo, Diogo Careca, André Amaral, Enzo Ferrara, Rafael Santos, Bavikson Biai, Pedro do Rio, António Legatheaux, Gonçalo Cabral, Luis Fellipe.

Benfica: Samuel Soares, Aursnes, António Silva, Morato, Bernat, João Neves, Chiquinho, João Mário, Rafa, Tengstedt, Arthur.

Antevisão

O Benfica é o primeiro dos chamados três 'grandes' a entrar em ação na temporada 2023/24 da Taça de Portugal. Pela frente, terá o Lusitânia dos Açores, numa partida que terá lugar no Estádio João Paulo II, em Angra do Heroísmo.

Os encarnados vão a jogo na expetativa, não só de alcançar a quarta eliminatória, como também de afastar os 'fantasmas' que advêm de dois jogos 'sofridos', diante de Internazionale (derrota, por 1-0) e Estoril (vitória, por 1-0), antes da pausa para compromissos internacionais.

Já os insulares, pretendem manter bem 'vivo' o sonho de permanecerem na prova-rainha do futebol nacional, isto depois de, na ronda anterior, terem deixado para trás o Marialvas, graças a um golo de Paulo Bessa, já sete minutos depois dos 90.

O Lusitânia dos Açores irá contar com a arbitragem de Ricardo Baixinho, juiz da Associação de Futebol de Lisboa, e pode acompanhá-lo, em direto, a partir das 16h30 (hora de Portugal Continental), no Desporto ao Minuto.

Leia Também: Lusitânia-Benfica: Festa da Taça também passa pela Ilha Terceira

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório