Meteorologia

  • 26 FEVEREIRO 2024
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 14º

Pinto da Costa lança 'farpas' contra os críticos: "Enquanto falam mal..."

Presidente do FC Porto garante que "não falta qualidade no nosso grupo para lutar por objetivos ambiciosos".

Pinto da Costa lança 'farpas' contra os críticos: "Enquanto falam mal..."
Notícias ao Minuto

19:14 - 21/09/23 por Notícias ao Minuto

Desporto FC Porto

Pinto da Costa, presidente do FC Porto, assina esta quinta-feira o mais recente editorial da revista Dragões, texto no qual deixa críticas às "campanhas permanentes contra o FC Porto", apontando o dedo aos que têm dito mal da qualidade do plantel portista.

"Se alguém que não soubesse nada sobre o deporto português aterrasse em Lisboa e ouvisse o que por lá se diz sobre o FC Porto ficaria com uma imagem muito distorcida da realidade. Já disse isto muitas vezes, mas as campanhas permanentes contra o FC Porto obrigam-me a repeti-lo: os métodos utilizados para nos tentar abater não são sérios e até alguns portistas acabam enganados. São muitas as mentiras com que temos sido confrontados", começa por escrever Pinto da Costa.

"Querem vender-nos a ideia de que o FC Porto atravessa uma crise desportiva. A verdade é que no futebol temos 13 pontos em 15 possíveis e estamos na liderança do campeonato. Começámos a prova mais prestigiada do mundo com uma vitória clara e uma demonstração da ambição com que enfrentamos os desafios mais difíceis. Como disse o Sérgio Conceição, nunca esteve tudo mal e não está tudo bem, mas não falta qualidade no nosso grupo para lutar por objetivos ambiciosos", prosseguiu o dirigente portista.

A recente atuação dos azuis e brancos no mercado de transferências também foi alvo de análise por parte de Pinto da Costa, com o presidente do FC Porto a garantir que o clube foi capaz de comprar jogadores "que dão garantias para o presente e o futuro".

"Também ouvimos os papagaios do costume, a propósito do mercado, dizer que o FC Porto não tinha capacidade para se reforçar nem para gerar valores relevantes em transferências. Certo é que contratámos jogadores que dão garantias para o presente e o futuro, alguns deles por valores muito abaixo das avaliações dos especialistas, como até foi reconhecido pela imprensa internacional. E transferimos um atleta pelo valor da cláusula de rescisão, bem acima do que era indicado como preço de mercado. Mas insistem que não fazemos bons negócios", atirou o líder do clube da Invicta, rejeitando o rótulo de selvagens que muitas vezes é colado ao FC Porto.

"Referem-se a nós como um bando de selvagens. Dizem que os nossos adeptos são poucos e menos ligados ao clube do que os dos rivais. A realidade dos factos diz que nenhum estádio tem uma percentagem de ocupação tão alta como o Dragão, onde não se registou qualquer problema. Dizem que vivemos da guerra e que só causamos mau ambiente, mas também em relação a isto a realidade dos factos é cristalina: a Liga distinguiu-nos pela quinta vez pelos nossos projetos de responsabilidade social", vincou Pinto da Costa.

"Enquanto falam mal de nós, continuaremos a trabalhar no duro para conseguir aquilo de que mais gostamos e que mais os desespera: ganhar jogos e títulos", explica. "Podia continuar a elencar mentiras e a contrapor-lhes a realidade ao longo de várias páginas. Podia, por exemplo, destacar como desprezam o nosso ecletismo ao mesmo tempo que omitem que começámos a época do andebol com quatro vitórias no campeonato e duas na Liga dos Campeões, o que é notável para um clube português. Mas não quero estragar-lhes muito a narrativa. Continuem assim. Enquanto falam mal de nós, continuaremos a trabalhar no duro para conseguir aquilo de que mais gostamos e que mais os desespera: ganhar jogos e títulos", finalizou o líder dos dragões.

Leia Também: FC Porto multado por cânticos anti-Benfica frente ao Estrela da Amadora

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório