Meteorologia

  • 24 ABRIL 2024
Tempo
20º
MIN 12º MÁX 24º

Marítimo avança com providência cautelar contra Liga por causa do Estrela

O Marítimo avançou com uma providência cautelar no Tribunal Arbitral do Desporto (TAD) contra a Liga de futebol por causa do licenciamento do Estrela da Amadora para a próxima época.

Marítimo avança com providência cautelar contra Liga por causa do Estrela
Notícias ao Minuto

11:57 - 10/07/23 por Lusa

Desporto TAD

O TAD publicou hoje o pedido de providência cautelar por parte do Marítimo contra a Liga Portuguesa de Futebol Profissional (LPFP), estando em causa o licenciamento do recém-promovido Estrela da Amadora para a época 2023/24, um pedido que deu entrada na passada sexta-feira.

Na base do pedido, os insulares defendem que o capital social do Estrela da Amadora, formação que derrotou os madeirenses no play-off de acesso à I Liga e os relegou para o segundo escalão, não cumpre os requisitos do regime jurídico das Sociedades Desportivas.

Com esta ação, o emblema madeirense procura impedir a presença do Estrela da Amadora nas competições profissionais, mesmo depois de os 'tricolores' terem sido licenciados pela LPFP, que incluiu o clube agora promovido ao principal escalão nos sorteios da I Liga e da Taça da Liga.

O primeiro jogo oficial previsto do Estrela da Amadora é no terreno do Portimonense, no dia 23 de julho, para a primeira fase da Taça da Liga, sendo que, na jornada inaugural do campeonato, prevista para o fim de semana de 12 e 13 de agosto, o clube lisboeta recebe o Vitória de Guimarães.

O Marítimo estreia-se na Taça da Liga em 22 de julho, em Vizela, antes de iniciar a II Liga na casa do rival Nacional.

O novo regime jurídico das Sociedades Desportivas foi aprovado pelo Governo, em janeiro último, e, mais recentemente, em junho, pela Assembleia da República.

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório