Meteorologia

  • 17 ABRIL 2024
Tempo
19º
MIN 14º MÁX 28º

"Falam muito, mas Cristiano Ronaldo continua a ser referência da seleção"

Convocação de CR7 dividiu opiniões. Em exclusivo ao Desporto ao Minuto, Edinho falou sobre os benefícios de ter o avançado do Al Nassr na seleção.

"Falam muito, mas Cristiano Ronaldo continua a ser referência da seleção"
Notícias ao Minuto

06:57 - 21/03/23 por Tiago Antunes

Desporto Exclusivo

A presença de Cristiano Ronaldo na primeira convocatória de Roberto Martínez por Portugal foi tema que dividiu os adeptos do futebol. De um lado, houve quem defendesse a ausência do melhor marcador da história da equipa das quinas, enquanto outros, do lado de lá da barricada, encontram pontos positivos na sua continuidade.

Em exclusivo ao Desporto ao Minuto, Edinho preferiu defender a segunda tese. O antigo internacional luso vê espaço para CR7 na lista de Roberto Martínez, falou sobre rendimento e sobre a paixão de que o craque português mantém no futebol.

"Eu sou suspeito a falar, até porque já tenho defendido a ideia de que as pessoas olham pouco àquilo que é o rendimento e mais à idade. Eu acredito que somos aquilo que nós pensamos, não acreditam no que é a nossa vontade, o nosso desejo, a nossa paixão", começou por dizer.

Notícias ao Minuto Cristiano Ronaldo apontou um golo no Mundial'2022© Getty Images

Edinho não vê a ida para a Arábia Saudita como uma razão para Cristiano Ronaldo deixar a seleção. O ex-Sp. Braga e Vitória FC acredita que a veia goleadora do avançado do Al Nassr ainda poderá ser muito útil para Portugal.

"Eu disse logo que acreditava que o tempo dele ainda não tinha acabado. As pessoas falam muito da fraca competitividade e do baixo nível do campeonato saudita, mas eu tenho tinha a oportunidade de falar com jogadores que estão lá. O elevado número de jogadores de altíssima qualidade que joga lá eleva a competitividade. A única coisa que podemos esperar aqui é um Cristiano mais fresco, porque não tem a carga e a densidade de jogos que tinha e isso pode ser benéfico. Outro aspeto é ele estar a fazer golos, estar motivado, sabe que é uma referência, é o capitão da seleção, então pode aportar valor, não só mentalidade, mas muito mais atenção por parte dos adversários. É sempre um jogador perigoso, que nos habituou a golos", acrescentou.

"O mais importante, e acho que é para isso que as pessoas têm de olhar: o Cristiano foi para a Arábia Saudita, mas mantém o mesmo nível de preparação daquele que tinha com 20 anos. Em preparação de treinos, alimentação, foco total, não gostar de perder... Qualquer outro jogador normal, porque ele está num nível diferente pela experiência e mentalidade, se calhar estaria nesta fase da idade mais tranquilo ou relaxado. Ele não, é mesmo foco, mesmas ambições, procurar a próxima vitória, quer vencer e não perder. Isso demonstra que tem extrema paixão pelo que faz, extremo compromisso e, acima de tudo, como Michael Jordan e Kobe Bryant diziam, as lendas estão sempre à procura da próxima vitória, próximo passo, próxima motivação. O Cristiano é isso mesmo. Acredito que ele pode ser ainda muito útil para as ambições da seleção", disse ainda.

A chamada de Cristiano Ronaldo poderá ser benéfica para a equipa, mas também para Roberto Martínez. Ainda a apalpar terreno, o novo selecionador poderá aproveitar a presença do capitão e líder da equipa para retirar conhecimento e começar da melhor forma a aventura na equipa das quinas, acredita Edinho.

Notícias ao Minuto Edinho marcou dois golos em jogos pela seleção nacional© Getty Images

"Ter o líder, a pessoa com mais influência ali, ter mais uma pessoa com a mesma visão que ele, há que aproveitar esse tipo de características. Sabemos que o Cristiano não é o mesmo de quando tinha 20 anos, mas continua a ser o tal, continua a fazer golos. Nos últimos 10 jogos, fez nove golos, portanto, temos de aproveitar a veia goleadora. Para mim, continua a ser a máxima referência da nossa seleção, o nosso ídolo, mas eu sou suspeito porque trabalhei com ele, sei da maneira de trabalhar, do foco que tem, sou uma pessoa que segue a sua mentalidade. Como acredito que não temos limites, acho que ele ainda pode ser muito útil", concluiu.

Leia Também: Arranca a 'era Roberto Martínez': "Foi uma convocatória muito difícil"

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório