Meteorologia

  • 24 JUNHO 2024
Tempo
18º
MIN 17º MÁX 29º

Kyrgios declara-se culpado, mas escapa a condenação em caso de agressão

Um tribunal australiano arquivou hoje o caso contra o tenista Nick Kyrgios, acusado de agressão pela ex-namorada Chiara Passari, apesar de este se ter declarado culpado, durante a audiência.

Kyrgios declara-se culpado, mas escapa a condenação em caso de agressão
Notícias ao Minuto

07:28 - 03/02/23 por Lusa

Desporto Ténis

A juíza, Beth Campbell, também ordenou que o caso não ficasse a constar nos antecedentes criminais de Kyrgios. A magistrada justificou a decisão, alegando que a gravidade do assunto era de "baixo nível" e que o tenista não corria o risco de cometer novamente a mesma infração.

Campbell afirmou que Kyrgios procedeu mal, mas que não houve planeamento ou premeditação e que se tratou de um "único ato estúpido" de um jovem que tentava sair de uma situação tensa.

"Respeito a decisão de hoje e agradeço ao tribunal por ter arquivado as acusações. Eu não estava num bom momento quando isto aconteceu e reagi a uma situação difícil de uma forma que lamento profundamente. Sei que não estava certo e peço desculpa sinceramente pela dor causada", disse Kyrgios.

Durante a audiência em Camberra, o jovem, de 27 anos, admitiu que empurrou a então namorada num incidente que ocorreu em janeiro de 2021, durante uma discussão. Documentos do tribunal, citados pela emissora pública ABC, indicam que Passari tentou impedir Kyrgios de abrir uma porta de táxi, até que o atleta a empurrou e a fez cair, ferindo-lhe o ombro e o joelho.

Leia Também: Lá fora: Surpresa de Varane, Juventus apurada e a polémica de Greenwood

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório