Meteorologia

  • 12 JULHO 2024
Tempo
23º
MIN 16º MÁX 27º

"A maioria dos clubes da Premier League estão financeiramente dopados"

Presidente de La Liga apontou o dedo aos "prejuízos milionários" do futebol inglês.

"A maioria dos clubes da Premier League estão financeiramente dopados"
Notícias ao Minuto

11:24 - 01/02/23 por Notícias ao Minuto

Desporto Javier Tebas

Javier Tebas recorreu, ao final da manhã desta quarta-feira, às redes sociais para tecer duras críticas aos clubes da Premier League, que bateu, uma vez mais, uma recorde de investimento levado a cabo numa só janela de transferências de inverno.

Feitas as contas, os emblemas que militam no principal escalão do futebol inglês gastaram 824,81 milhões de euros na aquisição de jogadores como o ex-Benfica Enzo Fernández ou o ex-Sporting Pedro Porro, algo que, avisa o presidente de La Liga, não é sustentável.

"Lemos uma 'fortaleza' da Premier League, mas não é assim, é uma competição baseada em prejuízos milionários dos clubes (não lhes basta as receitas ordinárias). A maioria dos clubes estão 'financeiramente dopados'", escreveu.

Para melhor explicar a sua visão, o dirigente contou com a ajuda do diretor corporativo do organismo, Javier Gómez, que, por sua vez, pediu à UEFA que "faça cumprir" as regras do fair play financeiro e castigue os clubes, "sejam de que país forem".

"Em La Liga, o que perseguimos é que os clubes possam gastar e gerar dinheiro de maneira autónoma, isto é, com as suas próprias receitas. È verdade que também se permite que os acionistas possam apoiar o clube dentro de certos limites", referiu.

"Ou seja, colocar dinheiro para que possam gastar mais além daquilo que pode gerar o próprio clube. Mas, na Premier League, tudo acontece ao contrário", completou.

Leia Também: Afinal, quanto vai receber o Benfica por Enzo? Eis os detalhes

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório