Meteorologia

  • 25 MARçO 2023
Tempo
12º
MIN 10º MÁX 20º

Bicampeão do mundo de halterofilismo condenado a 7 meses de prisão

Karlos Nasar terá, ainda, de pagar uma multa de cerca de 230 euros.

Bicampeão do mundo de halterofilismo condenado a 7 meses de prisão
Notícias ao Minuto

15:27 - 31/01/23 por Notícias ao Minuto

Desporto Bulgária

Karlos Nasar, campeão do mundo de halterofilismo em 2021 e 2022, foi, esta terça-feira, condenado a uma pena de prisão suspensa de sete meses, assim como ao pagamento de uma multa no valor de 450 levs búlgaros, o equivalente a 230,1 euros.

De acordo com a estação televisiva búlgara bTV, em causa está um incidente que data de 27 de julho do passado ano de 2022, quando as autoridades mandaram parar o SUV no qual este seguia, na companhia de duas outra pessoas, na cidade de Pomorie.

O atleta de 18 anos, não só não parou, quando ainda acelerou, dando início a uma perseguição que durou durante cerca de 20 quilómetros, quando a polícia conseguiu, de uma vez por todas, intercetar o veículo em causa.

Os agentes acabariam por descobrir anfetaminas e metanfetaminas no carro. Além disso, Karlos Nasar (que apresentou o resultado de 14 testes antidoping para demonstrar que nunca tinha consumido drogas) não tinha carta de condução.

"Lamento muito. Cometi um erro e estou ciente disso mesmo. Não vou voltar a fazer este tipo de coisas e vou concentrar-me no desporto e nas próximas competições. Agora, vou preparar-me para o Campeonato da Europa", declarou, em tribunal.

Leia Também: Nada falta a Dani Alves na prisão. Desde piscina a aulas de pintura

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório