Meteorologia

  • 14 JUNHO 2024
Tempo
16º
MIN 15º MÁX 25º

Águia derrapa no Minho e Moreirense provoca primeira desilusão da época

Benfica precisava de um triunfo para assumir a liderança do grupo C e o empate acabou por servir as ambições do Moreirense para marcar presença nos 'quartos' da Taça da Liga.

Águia derrapa no Minho e Moreirense provoca primeira desilusão da época
Notícias ao Minuto

20:56 - 17/12/22 por Miguel Simões

Desporto Taça da Liga

Eis o primeiro 'murro no estômago' na época do Benfica. A precisarem de um triunfo para seguir em frente na Taça da Liga, as águias empataram (1-1) na deslocação ao reduto do Moreirense, este sábado, deixando de estar em todas as frentes.

Num primeiro tempo com oportunidades em ambas as balizas, os cónegos colocaram-se na frente do marcador através de uma grande penalidade convertida por André Luís, mas viram o Benfica chegar ao empate já bem perto do intervalo, por intermédio do regressado Gonçalo Ramos.

O regresso dos balneário trouxe uma águia avassaladora e, apesar das várias tentativas, Pasinato e os ferros foram negando o golo da reviravolta, conduzindo à eliminação das águias da Taça da Liga.

Muita emoção na primeira metade

Num jogo marcado pelos regressos de António Silva e Gonçalo Ramos ao onze das águias (após a participação no Mundial ao serviço da seleção nacional), o Benfica entrou melhor e até foi o jovem avançado o primeiro a ameaçar mexer com o marcador, obrigando Pasinato a uma grande defesa no fecho dos primeiros dez minutos.

Pouco depois, Gonçalo Ramos até conseguiu fazer o gosto ao pé, mas viu o seu tento ser anulado por fora de jogo de Aursnes, algo que levou o Moreirense a 'acordar' e a reagir com perigo, com a resposta de Camacho logo a seguir, num potente remate a ser travado pela barra aos 21 minutos.

A verdade é que os cónegos acreditaram e acabaram mesmo por desbloquear o nulo. Na sequência de um lançamento de linha lateral, Florentino precipitou-se num duelo aéreo com André Luís e acabou por tocar na bola com o braço dentro da grande área, levando Tiago Martins a apontar prontamente para a marca da grande penalidade. Aos 25 minutos, o avançado da equipa minhota não tremeu e não só colocou a sua equipa a vencer, como deixou o Benfica obrigado a marcar dois golos para assumir a liderança do grupo.

O Benfica procurou reagir logo de seguida, mas foi Frimpong que, com um remate surpreendente, esteve perto de ampliar a vantagem, algo apenas travado por Vlachodimos.

Já dentro dos últimos dez minutos da primeira metade, António Silva esteve a centímetros de fazer o empate de cabeça, viu Grimaldo obrigar Pasinato a mais uma grande defesa na cobrança de um livre direto e, à terceira, Gonçalo Ramos assinou o empate. Aos 43 minutos, Rafa 'furou' a defesa adversária e assistiu o jovem avançado para o golo que deixou os milhares de benfiquistas presentes em Moreira de Cónegos a festejar.

Que sufoco... sem efeitos

Com um resultado mais favorável às contas do grupo, o Moreirense entrou mais à defensiva no segundo tempo e foi o Benfica quem tomou conta da bola, com um domínio territorial no meio-campo contrário.

Num curto espaço de tempo, Grimaldo voltou a assustar de livre, Chiquinho atirou de longe ao poste e Rafa, num lance em que seguia isolado, viu Pasinato negar-lhe o golo da remontada. Pouco depois, seria Gonçalo Ramos a atirar à barra, elevando para três o número de bolas das águias aos ferros.

Também do outro lado, numa jogada de contra-ataque, André Luís viu um remate ser-lhe negado pelo poste, naquela que foi a única aproximação perigosa dos cónegos à baliza de Vlachodimos, já dentro do último um quarto de hora.

Nos últimos instantes, o recém-entrado Diogo Gonçalves teve uma das melhores ocasiões do encontro, em posição frontal, mas Pasinato voltou a brilhar e segurou a passagem dos cónegos.

Apesar da igualdade pontual, o Moreirense acabou a sorrir com base no critério dos golos marcados (sete contra seis) e vai defrontar o Arouca nos 'quartos', num duelo agendado para esta quinta-feira, pelas 20h15.

Já no outro jogo do grupo, entre duas equipas sem pontos nas duas primeiras jornadas, o Estrela da Amadora empatou na receção ao Penafiel (1-1). Regis inaugurou o marcador para os tricolores aos 69 minutos, mas Semedo salvou um ponto aos 90+5'.

Classificação final do grupo

1.º Moreirense, 7 pontos (7 golos marcados, 4 golos sofridos)

2.º Benfica, 7 pontos (6 golos marcados, 3 golos sofridos)

3.º Estrela da Amadora, 1 ponto (5 golos marcados, 8 golos sofridos)

4.º Penafiel, 1 ponto (2 golos marcados, 5 golos sofridos)

Momento do jogo: O remate do recém-entrado Diogo Gonçalves parecia levar selo de golo, mas Pasinato interveio de forma brilhante uma vez mais e negou a passagem do Benfica aos 'quartos' da Taça da Liga.

Leia Também: Florentino levou braço à bola e André Luís não tremeu na hora do penálti

Leia Também: Perto do intervalo, Gonçalo Ramos empata em Moreira de Cónegos

Onzes

Moreirense: Mateus Pasinato; Frimpong, Rafael Santos, Hugo Gomes, David; Lawrence Ofori, Soriano Mané, Alan Guimarães; Gonçalo Franco, João Camacho e André Luís

Benfica: Odysseas Vlachodimos; Alexander Bah, António Silva, Morato, Álex Grimaldo; Aursnes, Florentino Luís, Chiquinho, Julian Draxler; Rafa Silva e Gonçalo Ramos

Antevisão

Moreirense e Benfica discutem, este sábado, a última vaga de acesso aos 'quartos' da Taça da Liga, onde já sabem que o adversário será o Arouca.

Ambas as equipas venceram os respetivos jogos (diante de Penafiel e Estrela da Amadora) relativos à prova, pelo que se encontram na liderança, com os mesmos seis pontos, embora com uma vantagem para... os cónegos.

A diferença de golos (três) é a mesma para as duas equipas, porém, o Moreirense soma mais golos marcados (seis contra cinco), pelo que irá jogar com duplo resultado. As contas são simples. Quem vencer, assume a liderança isolada e segue para os 'quartos'. Em caso de empate, é o emblema de Guimarães que acaba a festejar.

Frente a frente, estarão os líderes da I e II Liga, sendo que o Benfica ainda não perdeu em jogos oficiais (apenas foi derrotado pelo Sevilla, no passado domingo, num amigável), enquanto o Moreirense já somou duas derrotas, uma das quais no campeonato.

O jogo tem apito inicial agendado para as 19h00 (horário de Portugal Continental) no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, será ajuizado pelo árbitro Tiago Martins e poderá acompanhar as incidências da partida no Desporto ao Minuto.

Leia Também: Moreirense-Benfica: Há quem jogue com duplo resultado...

Recomendados para si

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório