Meteorologia

  • 07 FEVEREIRO 2023
Tempo
12º
MIN 6º MÁX 14º

Foi bom descansar. Sporting volta de cara lavada e goleia na Taça da Liga

Emblema de Alvalade voltou pleno de energias e deixou água na boca com uma exibição de luxo.

Foi bom descansar. Sporting volta de cara lavada e goleia na Taça da Liga

O Sporting venceu nesta quarta-feira o Farense por 6-0, em jogo da primeira jornada do Grupo B da Taça da Liga. Os leões de Alvalade voltaram na força máxima e deu mostras de melhorias desde o último jogo.

Paulinho tinha falhado na cara de Ricardo Velho bem cedo no jogo, mas não falhou aos 21 minutos de jogo. Um minuto depois, 'bisou' na partida, deixando o Farense em apuros.

Na segunda parte, Amorim mexeu na equipa, mas não lhe tirou força. Porro e Edwards entenderam-se bem e o inglês fez o terceiro. O mesmo Porro assistiu Pedro Gonçalves pouco depois para o quarto golo. O quinto surgiu dos pés de Arthur Gomes, por meio da tremenda pressão que o Sporting não deixou de fazer, apesar da vantagem no marcador. Já para lá dos 80, Mateus Fernandes, com oferta de Jovane Cabral, converteu uma grande penalidade e deixou o Sporting nos seis golos.

Com este resultado, o Sporting dá início à 'nova fase' com uma vitória e entra na Taça da Liga a vencer. O Farense, que vinha de uma fase promissora, foi travado em Alvalade, começando a prova no fundo da tabela.

Filme do jogo

Este leão descansou bem. Rúben Amorim pediu aos santinhos que a pausa chegasse e nesta quarta-feira percebeu-se o porquê.

De cara lavada, quase irreconhecível, o Sporting voltou a casa e mostrou a sua força. A expectativa era grande para se ver uma equipa com maior fôlego, ainda que limitada em unidades por conta dos ausentes para o Mundial e os convocados para o Mundial'2022.

Em cinco minutos de jogo, Ricardo Velho sujou bastante o equipamento. Os leões de Alvalade remataram seis vezes em pouco tempo, ameaçando o adversário desde cedo. Trincão foi sempe o elemento mais assertivo, o contrário de Paulinho, que cometeu alguns erros na hora de converter.

O Sporting não marcou, mas passou por calafrios. Na primeira vez que o Farense foi ao ataque, Franco Israel teve de esforçar-se para ter a certeza de que não sofria golo. O aviso estava dado, não se tratando de um jogo de sentido único.

O Sporting percebeu a mensagem e colocou o pé mais fundo no acelerador. Foi assim que, aos 21 minutos, o leão chegou à vantagem. Trincão recebeu um grande passe de Nuno Santos e viu Paulinho a fugir à marcação na grande área, que abriu as contas para redenção. Um minuto depois, voltou a mostrar a sua importância na finalização dos leões, 'bisando' e deixando o Sporting relaxado na vantagem.

O Farense nunca deitou a toalha ao chão e seguiu na luta. Antes do intervalo, Franco Israel ainda teve algum trabalho, mas nada de muito cansativo. A segunda parte foi mais do mesmo. O campo parecia inclinado e o Sporting apanhou uma barrigada de golos.

Edwards e Porro combinaram e o inglês fez o terceiro. Depois foi a vez de Pedro Gonçalves fazer o quarto, novamente a passe de Pedro Porro. O quinto golo mostrou que o Farense já não estava em campo, quando a defesa voltou a facilitar e Arthur Gomes chegou facilmente ao golo. O sexto e último do jogo foi especial.

Mateus Fernandes, pérola de Alcochete, entrou e destacou-se. A grande exibição em poucos minutos foi abrilhantada com ajuda de Jovane Cabral, que lhe ofereceu a conversão de uma grande penalidade, aos 83 minutos. O jovem médio não tremeu, marcou e fez a festa.

É um regresso promissor, dentro daquilo que se pedia nas bancadas. O Sporting voltou aos relvados na sua máxima força e com tudo para dar a volta à situação na época que, por enquanto, não se pode dar como perdida. Com uma alma destas, tudo é possível.

Momento do jogo: O segundo golo de Paulinho. Deitou abaixo o trabalho do Farense, que já tinha ameaçado uma vez, e deixou o Sporting tranquilo na frente.

Onzes iniciais

Sporting: Franco Israel; Inácio, Marsà, Matheus Reis; Porro, Essugo, Pedro Gonçalves, Nuno Santos; Trincão, Edwards, Paulinho.

Farense: Ricardo Velho; Talocha, Muscat, Marcos Paulo, Abner; Ponde, Vítor Gonçalves, Falcão, Marco Matias; Velasquez, Rui Costa.

Antevisão

O Sporting vai receber o Farense nesta quarta-feira, em jogo da primeira jornada do Grupo B da Taça da Liga. Os leões, os de Alvalade, chegam com altas expectativas para defrontar um leão de Faro bem sucedido.

O Farense é segundo colocado da II Liga e só saiu derrotado uma vez na prova até ao momento. O bom momento dos alvinegros pode ser uma carta a favor de Vasco Faísca, que disse não exigir demasiado à sua equipa pela força das circunstâncias.

Já o Sporting, que quis muito a pausa para o Mundial para descansar e reorganizar a casa, tem sobre os ombros a exigência dos resultados. Já fora da Taça de Portugal e da Liga dos Campeões, estando numa situação complicada na I Liga, a Taça da Liga poderá passar a ser um objetivo desportivo.

O Sporting-Farense tem apito inicial às 20h45 desta quarta-feira, no Estádio de Alvalade, e poderá acompanhar a par e passo as incidências desse jogo aqui no Desporto ao Minuto.

Leia Também: Sporting-Farense: Energias renovadas, faltam os bons resultados

Recomendados para si

Seja sempre o primeiro a saber.
Sétimo ano consecutivo Escolha do Consumidor para Imprensa Online.
Descarregue a nossa App gratuita.

Apple Store Download

;

Acompanhe as transmissões ao vivo da Primeira Liga, Liga Europa e Liga dos Campeões!

Obrigado por ter ativado as notificações do Desporto ao Minuto.

É um serviço gratuito, que pode sempre desativar.

Notícias ao Minuto Saber mais sobre notificações do browser

Campo obrigatório